Continue reading " />

Zenilce Bruno lança sobre livro sobre patrimônio afetivo

LIVRO 06/12/2013

Um livro sobre os afetos. Coletânea de artigos de Zenilce Bruno discute nosso patrimônio afetivo e convida o leitor a uma mudança de atitude diante do cotidiano

NOTÍCIA0 COMENTÁRIOS

Alan Santiagoalan@opovo.com.br
SARA MAIA

Zenilce: um livro que não é de autoajuda, mas uma espécie de divã sentimental e afetivo

 

Patrimônio Afetivo – amorosidade e prazer nas relações do cotidiano é, em essência, um livro de perguntas. Lançado logo mais às 19 horas, na Livraria Cultura, os 44 artigos escritos pela psicóloga clínica, pedagoga e sexóloga Zenilce Bruno costuram, entre várias considerações, uma questão atual e necessária: que patrimônio estamos construindo?
Ela não se refere àquele que se guarda na garagem, nas contas bancárias e nos cofres das joalherias, mas outro – mais imaterial e, por isso mesmo, mais fundamental. “A preocupação enlouquecedora de comprar faz as pessoas esquecerem do maior patrimônio, que é o afeto, o carinho, a amizade”, explica a autora.
E arremata: “O título é uma reflexão sobre o que as pessoas devem ter como prioridade na vida”. Assim, num tom a meio caminho entre o analítico e o propositivo, o artigo resume a concepção que percorre todo o trabalho: ponderações que consigam angariar o leitor a uma mudança de atitude para a vida cotidiana.
Mas Patrimônio está longe de ser autoajuda. Aproxima-se de um pequeno divã sentimental que tem aparecido mensalmente, aos domingos, nas páginas do O POVO há cerca de três anos, quando Zenilce se tornou colunista fixa. “As pessoas se identificavam e se sentiam terapeutizadas. Elas pegavam os artigos para discutir com seus parceiros e filhos”, conta.

Nossa Loja Virtual