Continue reading " />

Twitter completa 5 anos

Há exatos cinco anos, surgia o Twitter. Jack Dorsey, um dos fundadores do microblog, foi o autor da primeira mensagem, em 21 de março de 2006. O tweet era o seguinte: “convidando os colegas de trabalho”. Para lembrar a data, Dorsey tem utilizado o seu perfil, nos últimos dez dias, para resgatar muitas das mensagens trocadas com Biz Stone e Evan Williams, seus parceiros no negócio.

É através do próprio microblog que Dorsey explica a razão pela qual deu à rede tal nome: “O nome Twitter veio de @Noah Glass e do dicionário de inglês Oxford: uma pequena difusão de informação; gorjeio de pássaros.” Não por acaso, um pássaro é o símbolo da ferramenta.

Leia mais: O Twitter só não faz revolução. Mas ajuda

Para comemorar a data, os usuários do Twitter estão inserindo em suas mensagens de felicitações a hashtag #happybirthdaytwitter. Na semana passada, a companhia divulgou algumas estatísticas atuais que dão dimensão do serviço globalmente:

– tweets enviados diariamente: 140 milhões
– contas criadas diariamente: 460.000
– crescimento do número de usuários que acessam o microblog por celular em 2010: 182%
– número de funcionários: 400, em 2011, ante 8, em 2008

O rápido crescimento da base de usuários em todo o mundo – o Twitter tem mais de 200 milhões de contas registradas – é uma preocupação constante de seus fundadores, que buscam melhorar a ferramenta a cada dia. “Os últimos cinco anos têm sido como um passeio de montanha-russa”, confessa Stone. “Algumas vezes é tudo muito divertido; outras vezes, você passa mal com tanta movimentação”, completa.

A grande preocupação da equipe envolvida no projeto é a estabilidade do site, que durante muitas ocasiões não suportou tamanha audiência. A credibilidade da ferramenta se firmou, no entanto, em duas situações de grande comoção entre os usuários: a campanha de Barack Obama à presidência dos Estados Unidos, em 2008, e as eleições do Irã, no ano seguinte.

Recentemente, a rede tem servido como termômetro de popularidade de assuntos de interesse geral. O último caso a ganhar repercussão foi o terremoto seguido de tsunami que abalou o Japão no dia 11. A falta de acesso à rede telefônica fez com que muitos japoneses utilizassem o microblog para enviar recados às famílias.

Fonte: Revista Veja

Nossa Loja Virtual