Continue reading " />

Terminais de ônibus viram palco para o Festival Popular de Teatro de Fortaleza

Seis terminais de ônibus e seis praças de Fortaleza vão receber o Festival Popular de Teatro de Fortaleza, realizado pela Companhia Prisma de Artes. Os espetáculos irão se encontrar com o respeitável público de 5 a 12 de novembro de 2010.

O Festival, contemplado com a Lei de Incentivo à Cultura, do Ministério da Cultura (MinC), objetiva democratizar a arte do teatro na Cidade. Por isso, toda a programação é gratuita.

Irão ocorrer apresentações de 18 grupos selecionados e outros grupos convidados, além de oficinas e palestras sobre teatro. O Teatro José de Alencar (TJA) vai compor o cenário das performances do Festival, que vai ocupar a Praça José de Alencar com uma tenda para as performances. Desta vez, o TJA vai ser um dos ilustres expectadores, pois tudo irá ocorrer fora dele.

Nos terminais, acontece uma apresentação por dia, sempre no período da manhã. Os privilegiados que irão assistir – mesmo que de passagem –, o melhor da arte cênica cearense deverão ir aos terminais da Parangaba, Papicu, Lagoa, Antonio Bezerra, Siqueira e Messejana.

Entre os grupos que vão se apresentar estão a Companhia Teatral Acontece (CTA) e o Movimento de Teatro do Oprimido no Ceará (MTOC). Pinos Ploft, de São Paulo vão apresentar “A Mulher da Caixa” e ministrar uma oficina.

O Festival conta com o patrocínio da Coca-cola e da Companhia de Gás do Ceará (Cegás), além do apoio da Prefeitura Municipal de Fortaleza, por meio do Centro de Cultura, Ciência, Esporte e Arte do Ceará (Cuca), da Barra do Ceará; do Teatro José de Alencar (TJA) e do escritório de projetos arquitetônicos Cosampa.

Intimidade com Fortaleza

De uma origem popular, entre um espaço público e outro e com o sol na cara surgiu a Companhia Prisma de Artes. São 25 anos de atuação no bairro Dias Macedo, em Fortaleza-CE. O grupo se apresenta com regularidade nas ruas, igrejas, praças, escolas, palcos, circo em todo lugar.

A Companhia mantém, por tanto, uma relação íntima com a vida cultural e social da comunidade onde nasceu. Já foram realizadas dezenas de oficinas de iniciação teatral, tendo passado pelo seu quadro de alunos mais de 100 artistas ao longo desse tempo.

Para desenvolver o trabalho inspirador, a Companhia conta com parcerias com associações de bairros, escolas públicas, igrejas e outros grupos culturais e arte. São desenvolvidos projetos com jovens em outras áreas, como grafite, grupo de reis, bloco de pré-carnaval, Paixão de Cristo, grupo junino e pastoril.

Espetáculos montados pela Companhia Prisma de Artes:

– Café, pão e confusão – 1996

– Festa na floresta encantada – 1997

– Histórias do reino onde nada acontece – 1998

– O conquistador de planetas – 1999

– Clawnsdeirinha – 2000

– Brincar é arte sonhar faz parte – 2002

– A pena e a Lei – 2008

Programação

5 DE NOVEMBRO – Praça José de Alencar

· 16h – Orquestra do Grupo Pão de Açúcar

· 16h30min – Performance de Circo

· 17h – Abertura do Festival

· 17h30min – Apresentação do Circo Escola do Bom Jardim

· 18h – Apresentação Teatral – Cia. Prisma de Artes

Performance: Memórias de Calendas

· Coquetel para Convidados

Observação: Paralela a programação oficial, às 17h – Apresentação Pinus Ploft no CUCA na Barra do Ceará.

6 DE NOVEMBRO

Mostra Centro – Pça. José de Alencar

· 14h – Oficina – Artes plásticas e Teatro com Darci Figueiredo, diretor de teatro do Grupo Pinus Ploft

· 17h – Grupo Pinus Ploft de São Paulo. Espetáculo: A Mulher Caixa

· 18hs – Grupo N Infinito

Mostra Paralela – Terminal da Parangaba

· 8h – Nossarteatral – 3 atores e vários personagens

Mostra Comunidade – Pça. Central do Bairro Dias Macedo

· 17h – Grupos da comunidade

· 18h – Grupo Terua – O beijo de Catirina

7 DE NOVEMBRO

Mostra Centro – Pça. José de Alencar

· 14h – Oficina – Artes plásticas e Teatro com o Darci Figueiredo

· 17h – Grupo Nois de Teatro – Sertão.doc

8 DE NOVEMBRO

Mostra Centro – Pça. José de Alencar

· 14h – Oficina – Artes plásticas e Teatro com Darci Figueiredo

· 18h – Grupo Nossarteatral – Perdão Shakespeare a gente não sabe o que faz

Mostra Paralela – Terminal do Papicu

· 8h – Grupo Coletivo de palhaços – Cadê o pão da cocota?

Mostra Comunidade – Pça. Cazuza – José Walter

· 14h – Oficina – Teatro e Circo com Claudio Ivo

· 17h – Grupo Arteiros – O conto do Vigário

· 18h – Grupo Arautos – Entre Molambos

9 DE NOVEMBRO

Mostra Centro – Pça. José de Alencar

· 18h – Grupo Taipa – Caboco de Gambiarra

Mostra Paralela – Terminal da Lagoa

· 8h – Grupo Abaquar Motirô – Plastificada

Mostra Comunidade – Pça. Paulo VI no Montese

· 17h – Grupos da Mensageiros de Cristo – As Profecias

· 17h30min – Oficina – Teatro do Oprimido com Daniel Victor

· 18h – Grupo Sísifo – Breve reencontro

10 DE NOVEMBRO

Mostra Centro – Pça. José de Alencar

· 18h – Grupo Mimo – Varre varre

Mostra Paralela – Terminal do Antônio Bezerra

· 8h – Grupo Coletivo de Teatro HA4

Mostra Comunidade – Pça. do João XXIII

· 14h – Oficina – Dança Criativa com Silvia Moura

· 18h – Grupo Abaquar Motirô – Quando as Máquinas param

11 DE NOVEMBRO

Mostra Centro – Pça. José de Alencar

· 18h – Grupo Teatro de Caretas – Cortejo de Caretas

Mostra Paralela – Terminal do Siqueira

· 8h – Grupo Teatro de Figuras – Gran Circo Mundial

Mostra Comunidade – Pça. Amigos da marinha – Mucuripe

· 17h – Grupos da comunidade

· 18h – Grupo Arte&manha – A Beata Maria do Egito

12 DE NOVEMBRO

Mostra Centro – Pça. José de Alencar

· 14h – Palco Aberto

· 16h30min – Performance de conclusão da oficina do Pinus Ploft

· 17h30min – CEM – Centro de Experimentação em Movimento –

· 18h – M.T.O – CE – Movimento de Teatro do Oprimido do Ceará –

Cena de teatro fórum – Rosa é o sonho.
· 19h – CTA – Companhia de Teatro Acontece – A Gata Borralheira

Mostra Paralela – Terminal da Messejana
· 8h – Grupo ECO

Mostra Comunidade – CUCA – Barra do Ceará
· 17h – Grupos da Comunidade
· 18h – Grupo Nois de Teatro – A Granja

Fonte: Secult

Nossa Loja Virtual

As últimas do Twitter:

Em breve oitava edição em 20 anos de publicação do livro #HistóriadoCeará , autoria Prof. Aírton de Farias fb.me/1fyFGNoAD

À espera do Irma, empresário desabafa e relato comparando RJ a Miami viraliza @UOL noticias.uol.com.br/internacional/…

Focos de poesia no Brasil. Que tal acrescentar o seu grupo? Veja o app abaixo . fb.me/wVmVwvMr

Aniversário Armazém da Cultura: 8 aninhos 🍾🍀 pic.twitter.com/ToanE0qLCJ

Twitter Media

Publishnews indica uma alta por obras de autoajuda e infantojuvenis. Autor mais vendido:Edir Macedo nexojornal.com.br/grafico/2017/0… via @nexojornal

Por que Jane Austen ainda é tão lida, 200 anos depois de sua morte? fb.me/7BXt1iyiK

Links Sugeridos:

Livrômetro

58.620.865