Continue reading " />

A Tecnologia reescrevendo a literatura

Tecnologia reescrevendo a literatura

Photograph: PhotoAlto / Alamy
O periódico britânico “The Guardian” publicou recentemente por meio de um de seus autores, Thomas McMullan, uma interessante matéria sobre a influência da tecnologia em reescrever a literatura nos dias atuais. Segundo a matéria, estima-se, que, em 2018 no Reino Unido, a quantidade de e-books vendidos supere a de livros impressos. E mais, o hábito de escrever de forma eletrônica, por meio de dispositivos diversos, tem afetado a estrutura, a pesquisa e, respectivamente, a edição de obras literárias…”It has affected order and it has affected rhythm…”
Não é difícil imaginar que precisaremos compor uma metodologia de como ser impactado por tantas influências, se antes, cultural, agora e mais do que nunca, tecnológica. Com isto, poderemos manter nossa organização – tradição e cultura -, sem deixar de absorver o que há de maravilhoso na tecnologia que faz alavancar possibilidades.
A matéria na íntegra encontra-se aqui.

Nossa Loja Virtual

As últimas do Twitter:

#Frankenstein Bela edição do manuscrito original descoberto na Biblioteca Bodleiana. twitter.com/editorialespas…

@revistabula Extraordinário ... quem um dia não se achou feio na vida? Eu costumava me aproximar de colegas feios o… twitter.com/i/web/status/9…

Camilo anuncia concurso para a Secult com 132 vagas - Empregos - Diário do Nordeste fb.me/75LRIGA9i

Editora Armazém da Cultura permanece e estreia em novas listas de leitura paradidática de escolas privadas brasilei… twitter.com/i/web/status/9…

Por categorias ou por cores? É hora de organizar seus livros | Estilo | EL PAÍS brasil.elpais.com/brasil/2018/01…

10 lições para criar meninos melhores para o mundo | Leiturinha leiturinha.com.br/blog/10-licoes… #leiturinha via @_leiturinha

Links Sugeridos:

Livrômetro

58.620.865