Continue reading " />

Semear livros

O bookcrossing é uma atividade que se espalha pelo mundo, e já está presente em várias cidades do Brasil. Em 2009, quando o Twitter ainda era incipiente, a campanha “Doe um Livro” foi lançada com o objetivo de incentivar a doação de livros no Natal. Foi um sucesso e arrecadou 180 mil livros até janeiro de 2010.

A campanha começou com o assessor de marketing político mineiro Heber Dias e  conta com a colaboração da professora  universitária também mineira Laura Furquim Werneck Xavier e do professor da PUC/SP José Luis Goldfarb, curador do Prêmio Jabuti. As doações são direcionadas para comunidades carentes, bibliotecas públicas e escolas.

Desta vez, a meta são 300 mil livros e os postos de coleta foram ampliados para 400 pontos. O site oficial do projeto indica onde devem ser entregues  as doações. O objetivo  prioritário são livros de literatura, já que os didáticos, de uma ou outra forma, são distribuídos nas escolas por programas de governos.

Nas redes sociais, cada pessoa que recebe a mensagem se torna sujeito ativo quando passa adiante a informação. Todos os colaboradores se engajam voluntariamente, sempre pela internet, e as parcerias surgem a todo momento.

A campanha tornou-se um dos assuntos mais comentados no ambiente do Twitter e, desde então, tem sido incentivada por vários artistas ou pessoas que trabalham na mídia, como a cantora Maria Rita, o apresentador Serginho Groisman, o escritor Paulo Coelho, o jornalista William Bonner, entre outros. Muitos livros foram arrecadados no show de Maria Rita, por exemplo, em maio, na capital mineira.

Em pouco tempo, a campanha conquistou diversos parceiros, entre eles os rotarianos, a Fundação Abrinq, a rede Droga Raia e outras empresas.

Fonte: Blog do Galeno

Nossa Loja Virtual