Continue reading " />

Prêmio Jabuti vai premiar apenas os primeiros lugares

Só o primeiro lugar de cada categoria será agraciado a partir de agora com o Jabuti, o mais tradicional prêmio literário brasileiro.

Não haverá mais distinção para segundo e terceiro lugares. Essa é a principal mudança do novo regulamento, anunciado ontem pela Câmara Brasileira do Livro.

“Queremos valorizar o vencedor de cada categoria e reduzir o número daqueles que sobem ao palco”, explicou José Luiz Goldfarb, curador durante 21 dos 53 anos da premiação.

A mudança deve não apenas devolver prestígio ao vencedor de cada Jabuti, como também dar credibilidade ao prêmio. Explica-se: só os primeiros lugares vão concorrer agora ao grande prêmio de ficção e ao grande prêmio de não-ficção. Antes, também o segundo e o terceiro lugares passavam para essa última fase, que tem tradicionalmente outro júri.

Impede-se, assim, que se repita o “imbróglio” do ano passado, quando Chico Buarque, segundo lugar na categoria romance, levou o grande prêmio de ficção.

Após a festa de premiação, o grupo Record, um dos maiores do país, anunciou seu rompimento público com o Jabuti, por considerar que seu autor Edney Silvestre, vencedor da categoria romance, fora prejudicado.

“Entendo que eles me deram razão. Prevaleceu o bom senso”, afirmou ontem Sergio Machado, presidente do grupo Record, ao saber do novo regulamento.

Convidado a participar da comissão que alterou as regras do prêmio, Machado disse que preferiu declinar para evitar constrangimento.

MAIS CATEGORIAS

Karine Pansa, presidente da CBL, evitou atribuir ao episódio a alteração nas regras do prêmio. “O Jabuti é aprimorado para acompanhar as necessidades que surgem do próprio mercado em expansão.”

Foi por isso que, segundo diz, ocorreu a outra grande mudança no prêmio: para julgar melhor a diversidade de títulos (2.867 inscritos em 2010), o número de categorias passa de 21 para 29.

Criaram-se três novas. Quatro outras foram desmembradas.

Do modo como se agrupavam antes, livros de teor muito diferente concorriam juntos. Essa era outra crítica ao prêmio.

As inscrições começam hoje, por meio do site (onde se pode encontrar a íntegra do regulamento) e terminam em 31 de maio.

Não houve alteração no valor de cada premiação: R$ 3 mil por categoria e R$ 30 mil para cada vencedor do grande prêmio de ficção e de não-ficção. A CBL espera superar 3.000 inscrições.

MUDANÇAS NO JABUTI

COMO ERA

Categorias – 21

Primeira Etapa – Júri escolhia os três primeiros colocados de cada categoria. O 1º lugar recebia R$ 3.000

Segunda Etapa – Os 3 vencedores de cada categoria concorrem ao Livro do Ano Ficção e ao Livro do Ano Não Ficção. Os dois vencedores recebiam R$ 30 mil cada um

COMO FICOU

Categorias – Passam agora para 29. Três são inéditas: melhor ilustração, gastronomia e turismo/hotelaria

Primeria Etapa – Júri elege apenas um vencedor por categoria. O prêmio continua de R$ 3.000

Segundo Etapa – Apenas o vencedor de cada categoria concorre aos prêmios principais. Os dois selecionados continuam a receber R$ 30 mil cada um.

Fonte: Folha de S.Paulo

Nossa Loja Virtual

As últimas do Twitter:

Lixeiros turcos montam biblioteca com livros encontrados no lixo fb.me/7LPHiEUek

Lixeiros turcos montam biblioteca com livros encontrados no lixo noticias.uol.com.br/internacional/… via... fb.me/PVJYLQHe

Uma História das Copas do Mundo, futebol e sociedade fb.me/1ycHuxbkk

Confira este livro - 'Uma História das Copas do Mundo, futebol e sociedade', de Airton de Farias amz.onl/9i51ZLA

Uma História das Copas do Mundo, futebol e sociedade por Airton de Farias amazon.com.br/dp/B0777R1Z3M/… via @amazon

#Frankenstein Bela edição do manuscrito original descoberto na Biblioteca Bodleiana. twitter.com/editorialespas…

@revistabula Extraordinário ... quem um dia não se achou feio na vida? Eu costumava me aproximar de colegas feios o… twitter.com/i/web/status/9…

Camilo anuncia concurso para a Secult com 132 vagas - Empregos - Diário do Nordeste fb.me/75LRIGA9i

Links Sugeridos:

Livrômetro

58.620.865