Continue reading " />

Os sete segredos do sucesso na publicação de e-books

No fim de semana de 24 a 26 de setembro, na Self Publishing Book Expo em Nova York, apresentei meus Sete Segredos do Sucesso na Publicação de E-books. Para quem ama o PowerPoint, segue o link da apresentação.

Essa apresentação está baseada em outra anterior sobre como o crescimento de livros independentes transformará o futuro do mercado editorial. Para essa sessão, acrescentei novos materiais, incluindo os sete novos segredos mais um bônus que fala como os autores podem maximizar a viralidade de seus livros.

Os sete segredos (mais um)

1. Escreva um ótimo livro – O tempo do seu leitor é mais valioso do que o bolso dele. Leitores possuem escolhas ilimitadas para conteúdo de alta qualidade, então autores devem respeitar o tempo do leitor ao publicar livros com a mais alta qualidade possível. Como editor, é sua responsabilidade fazer o que muitos editores tradicionais fazem tão bem: honrar o processo de edição e revisão.

2. Escreva outro grande livro – Os autores de best-sellers da Smashwords possuem uma lista de obras. Pense em cada livro como um anzol no oceano. Quando cada livro cruza referências com outros livros através de links simples (tanto dentro do livro quanto dentro dos sistemas de vendas), você cria uma rede. Uma lista de obras também oferece a oportunidade de ganhar a confiança do leitor. Depois que o leitor confia que você irá respeitar seu tempo com um bom livro, ele estará mais inclinado a conhecer e comprar seus outros títulos.

3. Maximize a distribuição – Disponibilidade é o precursor da descoberta. Se o seu livro não é encontrado facilmente em vários lugares, por assunto ou tema em vários sistemas de busca, ou por keywords ou categorias nos sites de livrarias, ele acaba sendo invisível. Consiga que seus livros sejam distribuídos no maior número de livrarias online possível. Muitos leitores vão a uma livraria com a intenção de conseguir uma boa leitura e não estão procurando necessariamente um título específico, então se o seu livro não está lá, não será encontrado nem comprado. Algumas das mesmas regras do mercado editorial tradicional valem para os e-books. Quanto mais livrarias tiverem o seu livro, mais chances você terá de se conectar a um leitor.

4. Dê (alguns dos) seus livros de GRAÇA – Os escritores de maior sucesso na Smashwords oferecem pelo menos um livro de graça. GRÁTIS é um dos segredos menos compreendidos e mais mal utilizados no marketing de e-books. Isso funciona melhor se você tem uma boa quantidade de livros.

5. Confie nos seus leitores e parceiros – Alguns autores não publicam e-books por medo da pirataria. Isso é besteira. A pirataria não pode ser evitada. J.K. Rowling não publica e-books, e mesmo assim, poucas horas depois de cada lançamento de algum livro da série Harry Potter, seus livros estavam disponíveis online em e-books pirateados. Não torne difícil para seus fãs comprar cópias legítimas do seu livro. Confie que seus leitores irão honrar o seu direito de autor (e para os que não vão honrar, não há nada que você possa fazer). Se limitar o acesso ao seu livro infectando-o com DRM, vai acabar limitando sua capacidade de se conectar com os seus leitores. Na semana passada, durante uma viagem ao Brasil, falei numa apresentação sobre e-books patrocinada pela Singular Digital junto com Rodrigo Paranhos Velloso, diretor de desenvolvimento de negócios da Google América Latina. Rodrigo fez uma observação absolutamente brilhante sobre DRM. Ele disse: “Quando você coloca DRM em algo, faz com que as versões sem DRM tenham mais valor”. Em outras palavras, quando você usa DRM, encoraja a pirataria.

6. Tenha paciência – Demora tempo para construir a sua editora. Ao contrário das editoras tradicionais com livros impressos, que chegam às prateleiras e geralmente se esgotam logo, os e-books são imortais. Quando o seu livro chega a um novo ponto de venda, pense como se fosse uma muda. Com tempo e se você regar direito, ele tem a chance de construir raízes profundas (resenhas de leitores, ranking de vendas, SEO). Nunca retire seu livro das prateleiras de um ponto de venda porque está insatisfeito com suas vendas comparadas com a de outros pontos de venda (veja acima o item sobre distribuição).

7. O marketing começa ontem – Comece a construir a sua plataforma de marketing antes de terminar o seu livro e depois invista tempo todo dia para continuar construindo e fazer crescer essa plataforma. Implemente uma estratégia de mídia social sólida. Participe em redes sociais e, mais importante, contribua com sua rede social. Se você pensar em seus seguidores no Facebook e no Twitter como possíveis compradores, vai acabar se dando mal. Em vez disso, acrescente valor. Ajude outros escritores a serem bem-sucedidos. Quando chegar a hora de lançar o seu livro, os seus amigos das redes sociais vão querer retornar o favor abrindo inesperadas portas, cheias de oportunidades.

8. Arquiteto da viralidade – Na apresentação, descrevi meu conceito de “primeiro leitor”, a pessoa que você convence a comprar o seu livro. Todo leitor é um primeiro leitor. Se o seu livro for bem recebido por eles, acabarão ajudando a promovê-lo para os amigos. Se não for bem recebido, não irão promovê-lo. Como são os leitores que determinarão o sucesso do seu livro, você, como autor ou editor, pode dar passos para facilitar a viralidade (boca a boca) do seu livro. A apresentação mostra esses passos, bem como evitar o que eu chamo de Decadência Viral e Viralidade Negativa.

Fonte: Publishnews

Nossa Loja Virtual

As últimas do Twitter:

Em breve oitava edição em 20 anos de publicação do livro #HistóriadoCeará , autoria Prof. Aírton de Farias fb.me/1fyFGNoAD

À espera do Irma, empresário desabafa e relato comparando RJ a Miami viraliza @UOL noticias.uol.com.br/internacional/…

Focos de poesia no Brasil. Que tal acrescentar o seu grupo? Veja o app abaixo . fb.me/wVmVwvMr

Aniversário Armazém da Cultura: 8 aninhos 🍾🍀 pic.twitter.com/ToanE0qLCJ

Twitter Media

Publishnews indica uma alta por obras de autoajuda e infantojuvenis. Autor mais vendido:Edir Macedo nexojornal.com.br/grafico/2017/0… via @nexojornal

Por que Jane Austen ainda é tão lida, 200 anos depois de sua morte? fb.me/7BXt1iyiK

Por que Jane Austen ainda é tão lida, 200 anos depois de sua morte? www1.folha.uol.com.br/ilustrissima/2… via @folha

Levantamento mostra a diversidade de gênero, raça e nacionalidade dos artistas na história da arte nexojornal.com.br/grafico/2017/0… via @nexojornal

Links Sugeridos:

Livrômetro

58.620.865