Continue reading " />

O livro mais antigo da Europa custa mais de 10 milhões de euros

A British Library (BL) precisa de 2,75 milhões de libras (uns 3,3 milhões de euros) para conseguir comprar “o livro intacto mais antigo da Europa” – conhecido como Evangelho de São Cuthbert. Por isso, a biblioteca nacional britânica anunciou ontem oficialmente o lançamento de uma campanha de angariação de fundos.

O “Evangelho de São Cuthbert” custa mais de dez milhões de euros (Reuters)

Evangelho de São Cuthbert é uma cópia manuscrita, em latim, do Evangelho de São João, data de finais do século VII e teve uma história atribulada. Foi enterrado em Lindisfarne, por volta do ano 698, juntamente com o corpo de São Cuthbert – um dos santos mais venerados na Inglaterra não só daquele tempo (período anglo-saxónico), mas também após a conquista do país pelos normandos em 1066. Em 875, quando os vikings invadiram Lindisfarne, o caixão e o seu conteúdo foram levados por um grupo de monges em fuga. Após sete anos de andanças, os monges enterraram o santo naquilo que viria a ser a catedral de Durham.

O livro, que foi descoberto em 1104 quando o caixão de São Cuthbert foi reaberto, foi depois colocado numa capela atrás do altar da catedral. A seguir à Dissolução dos Mosteiros pelo rei Henrique VIII de Inglaterra, no século XVI, passou a pertencer a uma série de coleccionadores privados.

Em 1979, foi emprestado à BL pelo seu proprietário actual, a Província Britânica da Companhia de Jesus. Mas no ano passado, a BL foi contactada pela Christie”s e informada de que a obra estava à venda. A BL, onde o livro está exposto, tem preferência de compra e o preço acordado é de nove milhões de libras (10,3 milhões de euros).

A sua “belíssima” capa original, de couro vermelho trabalhado, chegou até nós “em excelente estado de conservação”, lê-se na nota da BL, que salienta tratar-se do “único manuscrito de elevado estatuto datado desse período crucial da história britânica a ter subsistido na sua aparência original, tanto exterior como interior”.

Desde o início do ano, a BL já arrecadou parte dos fundos necessários: metade do dinheiro virá do National Heritage Memorial Fund, com a Art Fund e a Garfield Weston Foundation a contribuírem com 250 mil libras cada uma e outras fundações com montantes não especificados. Mas faltam 2,75 milhões de libras para fechar o negócio – e a BL tem até 31 de Março de 2012 para passar o cheque.

Fonte: Publishnews

Nossa Loja Virtual