Continue reading " />

Novas mídias, novo conteúdo

Para prender a atenção dos leitores jovens, professor sugere uma ficção curta, rápida e inteligente

Uma das frases mais repetidas nos debates da Feira do Livro de Londres é que você tem que dar o que o seu leitor quer no formato que ele precisa. E para atrair novos (e jovens) leitores, a ficção terá de se reinventar. É isso o que pensa o conferencista do departamento de inglês da Universidade de Surrey, David Ashford. Ele participou do painel “E-books e o usuário: na biblioteca, no desktop e nos leitores digitais” e disse que a nova ficção deve ser curta, rápida e inteligente. Para ele, contos e novelas se encaixam mais no perfil dos adolescentes, mas que se for inevitável escrever um grande romance, que os autores e editores considerem dividi-lo em volumes.
Fonte: Publishnews

Nossa Loja Virtual