Continue reading " />

Muzungu Pululu – Homem Branco Transparente

Em Muzungu Pululu, Manuel Casqueiro oferece aos leitores um novo olhar sobre a Africa – seus povos, suas histórias e suas culturas. Essa terra intensamente explorada por séculos e cujos filhos tanto sofreram. Primeiro, por conta da desumana escravidão e depois sob a tirania do colonialismo.

Manuel do Carmo Casqueiro, filho de pai português desterrado político e de mãe, dona de casa, de origem espanhola, nasceu em Bissau, capital da ex-colônia de Portugal, hoje República da Guiné-Bissau. Condenado mesmo antes de nascer, Manuel já viria ao mundo sem direitos, abrangido pela lei Colonial, que determinava que guineenses deveriam residir fora do perímetro da cidade, pois dentro dela somente os europeus podiam morar.

O livro narra histórias vividas, escutadas ou baseadas em acontecimentos sucedidos nos períodos colonial e pós-independência nesta terra tão explorada e sofrida.

Então, numa tarde, vi essas apavorantes coisas acontecendo pela janela. Policiais brancos espancando negros. Gritos, tumulto. Tiros. (…) A partir dessa tarde as histórias contadas passaram a falar da realidade que pesava sobre nós. Seres humanos de segunda categoria, numa terra de oprimidos sem voz”.

Esse profundo sentimento que ninguém me arrancou nem arrancará: minha africanidade”.

Manuel Casqueiro

 

Nossa Loja Virtual

As últimas do Twitter:

Em breve oitava edição em 20 anos de publicação do livro #HistóriadoCeará , autoria Prof. Aírton de Farias fb.me/1fyFGNoAD

À espera do Irma, empresário desabafa e relato comparando RJ a Miami viraliza @UOL noticias.uol.com.br/internacional/…

Focos de poesia no Brasil. Que tal acrescentar o seu grupo? Veja o app abaixo . fb.me/wVmVwvMr

Aniversário Armazém da Cultura: 8 aninhos 🍾🍀 pic.twitter.com/ToanE0qLCJ

Twitter Media

Publishnews indica uma alta por obras de autoajuda e infantojuvenis. Autor mais vendido:Edir Macedo nexojornal.com.br/grafico/2017/0… via @nexojornal

Por que Jane Austen ainda é tão lida, 200 anos depois de sua morte? fb.me/7BXt1iyiK

Por que Jane Austen ainda é tão lida, 200 anos depois de sua morte? www1.folha.uol.com.br/ilustrissima/2… via @folha

Levantamento mostra a diversidade de gênero, raça e nacionalidade dos artistas na história da arte nexojornal.com.br/grafico/2017/0… via @nexojornal

Links Sugeridos:

Livrômetro

58.620.865