Continue reading " />

Mundo digital impõe desafio a editores

Em sua primeira visita ao Brasil, Diane Spivey, diretora de Contratos e Direitos Autorais da Little Brown Group Book (editora que publica os livros de Stephanie Meyer, autora da saga ‘Crepúsculo’) participará do 1º Congresso Internacional do Livro Digital. Para ela, é preciso ser ágil para não ficar atrás na corrida da digitalização de livros. “Não acredito que a era do livro impresso esteja acabando, mas temos que aceitar o fato de que uma parte do público quer ler em formatos digitais, e entender esse processo é fundamental”, ressalta.

Qual a sua opinião sobre os direitos editoriais na publicação de e-books?

Editoras acadêmicas já lidam com o desafio da publicação digital há muitos anos, mas só agora é que virou uma preocupação das editoras de obras gerais – temos que correr atrás para alcançá-las. Enquanto não acredito que a era do livro impresso esteja acabando, acho que temos que aceitar o fato de que uma porcentagem do público leitor há de querer ler em formatos digitais convenientes no futuro próximo. Editoras, portanto, têm que garantir que estão adquirindo os direitos que precisam para poder ser a publicadora em todos os formatos, e entender como isto impacta os contratos que fecham e os direitos que cedem aos seus sublicenciados.

Como as editoras do Reino Unido lidam com isto?

Editoras, agentes e autores no país estão aprendendo muito rapidamente.  Precisamos tomar decisões sobre formatos, preços, DRM (Gerenciamento de Direitos Digitais) e muitos outros assuntos difíceis devido à velocidade da mudança de tecnologia, novos aparelhos de leitura e novas maneiras de fornecer o público leitor com o material que publicamos.  Estamos cientes que as coisas estão mudando muito rapidamente – porém ninguém pode esperar a situação para acalmar, ou será tarde demais para entrar no jogo.  E para nós editores de certa idade avançada, é essencial nos educarmos logo sobre este novo mundo digital.

Qual o número de editoras que atualmente trabalham com e-books no  Reino Unido?

Os maiores grupos editoriais estão ativamente publicando “e-books” hoje em dia – quase todo novo título está disponível tanto no formato impresso quanto como um “e-book”.  A maioria das empresas menores está nos alcançando, apesar do fato de ser mais difícil desenvolver um programa amplo sem a infra-estrutura e investimento que uma empresa de grande porte pode oferecer.

Mais informações no site do Congresso: www.congressodolivrodigital.com.br

Nossa Loja Virtual

As últimas do Twitter:

Links Sugeridos:

Livrômetro

58.620.865