Continue reading " />

Literatura no divã

A jornalista Adísia Sá lança novo livro, desta vez em parceria com o psiquiatra Cleto Pontes. “Três Mulheres no Divã de Freud” trafega pelos universos de Capitu, Ema Bovary e Ana Karênina

Três mulheres, três histórias. Em comum, paixões, sonhos, aspirações, conflitos, frustrações, tragédias. Capitu, de Machado de Assis; Ema Bovary, de Gustave Flaubert; e Ana Karênina, de Leon Tolstói, têm seus universos revisitados no novo livro da jornalista e escritora Adísia Sá – desta feita, em parceria com o psiquiatra e escritor Cleto Pontes.

“Três Mulheres no Divã de Freud” é um romance costurado entre os universos das três personagens. O embrião veio do trabalho anterior de Adísia sobre a clássica figura feminina machadiana: “Capitu conta Capitu”. “Ao concluir minha novela, estava certa de que havia passado a perna em Machado de Assis, desvendando o enigma da figura central de Dom Casmurro. Afinal, eu dera voz a Capitu. Mas desafiar Machado, quem há de?”, explica e pergunta a professora, no prefácio do novo trabalho.

“Acordei: o que dizer de Sancha, a amiga de colégio e sua confidente, esposa de Escobar? E mais: como viveu Capitu na Suíça?”, indica Adísia. “Eram pontos não abordados. Essa lacuna procurei preencher, agora, neste ´Três Mulheres no Divã de Freud´”.

Segundo a autora, a ideia era unir três personagens emblemáticas, cada uma com suas peculiaridades, mas tendo em comum a condição feminina. “Todas buscando Freud para falar de seus problemas e transmitir-lhe seus pedidos de orientação existencial”, comenta, justificando a tríade que lhe serviu de inspiração. “Escolhi Capitu, Ema Bovary e Ana Karênina, vindas de situações sociais diferentes, mas trazendo dramas, inquietações, angústias e perguntas semelhantes. Quem as ouviria? Sacerdotes, pastores, rabinos? Não, apenas uma pessoas poderia escutá-las: Freud. E foi assim que as reuni, pela arte da imaginação, no seu divã”.

O modo como esse diálogo imaginário se viabiliza, nas páginas do livro, é definido por Adísia Sá como “a provocação da autora”. “Inclusive indo buscar a análise do professor Cleto Pontes, a quem caberá a palavra final desta aventura literária”.

Aventura saudada pela consagrada escritora Ana Miranda, que destaca o “espírito desafiador, combativo e ousado” da autora ao recriar três das mais intrigantes personagens literárias. “Elas compõem o arquétipo feminino da mulher que se rebela contra o papel que a sociedade lhe impôs. Todas elas em busca de um oráculo, que Adísia, com sua brilhante inteligência e coragem, determina ser Sigmund Freud”, anota. “Num livro inovador e de interesse fabuloso, Adísia Sá se aproxima ainda mais de seus leitores”.

LANÇAMENTO
“Três mulheres no Divã de Freud”
Adísia Sá e Cleto Pontes
R$30,00
137 páginas
2009
ARMAZÉM DA CULTURA

Fonte: Diário do Nordeste

Nossa Loja Virtual