Continue reading " />

Literatura invade Berlim

De 7 a 17 de setembro, capital alemã será sede do Internationales Literaturfestival Berlin, que contará com a presença de Bernado Carvalho

Setembro na Alemanha sempre foi um mês um tanto quanto deprimente — anuncia o fim dos dias longos e ensolarados do verão europeu e a chegada do inverno. É o fim dos festivais de música, das sessões de cinema ao ar livre, das cadeiras de praia na beira do rio Spree. Felizmente, a época ganhou vida nova com a criação, em 2001, do Internationales Literaturfestival Berlin (Festival Literário Internacional de Berlim). Durante 10 dias, a literatura mundial toma a capital alemã por meio de palestras, debates, leituras e concertos, onde 150 autores se apresentam em cerca de 180 eventos. Este ano, o festival tem como foco a produção literária na Ásia e na Oceania.
A seção principal, “Fokus Asien-Pazifik”, traz 15 autores da Índia, Filipinas, China, Coréia, Malásia, Nova Zelândia, Austrália, Cingapura e Japão. O chinês Jung Chang (Cisnes selvagens e Mao — a história desconhecida, Companhia das Letras) é um dos palestrantes. A seção “Literaturen der Welt” apresenta escritores de outros continentes e tem como destaque a literatura da Polônia. O brasileiro Bernardo Carvalho (Mongólia, Nove noites e outros 9 títulos, Companhia das Letras) e o peruano Mario Vargas Llosa, publicado no Brasil pela editora Alfaguara, são alguns dos conferencistas.
Em “Erinnerung, sprich” textos clássicos da literatura moderna são declamados. O islandês Halldór Laxness (Gente independente, Editora Globo) é um dos escritores contemplados. “Reflections” traz uma série de debates sobre política, economia e cultura. Ha Jin (O ensandecido, Refugo de Guerra e A espera, Companhia das Letras) é um dos convidados.
Nos dias 8, 9 e 10, as noites são de poesia. A partir das 20h, os poetas fazem a festa na Haus der Berliner Festspiele, principal casa do festival.
Outra novidade da 11ª edição do evento é o lançamento do primeiro Graphic Novel Day. Dia 10 de setembro, grandes nomes do HQ da França, Romênia, Itália, Espanha, Grécia, Finlândia, Polônia, Alemanha e Suécia apresentam seus trabalhos em duas conferências.
O festival também oferece um programa sobre literatura infantojuvenil, o Internationale Kinder-und Jugendliteratur. Entre os participantes estão a belga Kitty Crowther (Meu amigo Jim, Cosac Naify), o alemão Peter Härtling (A sombra de Schumann, Record, e Uma vovó especial, Martins Editora) e o francês François Place (O velho louco por desenho, Cia das Letrinhas, Nos passos de… Aladim, Nos passos de… piratas, Rocco, e outros).
O programa suplementar “Specials” tira a literatura das instituições onde ela é cerimoniosamente celebrada, como o Deutsches Theater (Teatro Alemão) e o Kuturforum (Fórum da Cultura), e a leva para a esfera pública – parques, praças, bibliotecas e penitenciárias.

A programação completa pode ser conferida no site do Internationales Literaturfestival Berlin.

Fonte: Publishnews

Nossa Loja Virtual

As últimas do Twitter:

Documentário brasileiro sobre educação é o melhor do ano em premiação em LA fb.me/B3pKUqIb

Fernando Pessoa define filosofia em apenas uma linha: “é a lucidez do intelectual chegando à loucura”.

Palavra de quem é do ramo! twitter.com/bruno_balaco/s…

2018 - Copa do Mundo , recomendado pelo El Pais , que tal ler a História de todas as Copas do Mundo em livro... fb.me/2rV7EIhbR

Dia 2/11, às 16h no @ParquedoCoco , lançamento de livro no Centro de Referência Ambiental da Padre Antônio Tomás . pic.twitter.com/SW2KE7khXj

Twitter Media

#CEARÁSPORTINGCLUBE Últimos exemplares ainda disponíveis à venda no site! fb.me/8atBIWxxo

Links Sugeridos:

Livrômetro

58.620.865