Continue reading " />

Lei Maria da Penha ganha versão em livro escrito por Tião Simpatia

Tião Simpatia é cantor, compositor, repentista e cordelista. Em 2008, o artista cearense foi “intimado” a escrever um cordel a partir dos principais artigos da Lei nº 11.340/2006, mais conhecida como Lei Maria da Penha. A lei regulamenta casos de violência doméstica e familiar praticados contra a mulher. Segundo Tião, o convite partiu da própria Maria da Penha. O trabalho, que já teve versão em braile, em espanhol e em inglês, chega às livrarias em formato de livro ilustrado. O livro Lei Maria da Penha em Cordel (ilustrado por Meg Banhos) é lançado hoje, às 19h, na Livraria Cultura. Segundo Tião, a nova versão é voltada para o público infanto-juvenil e tem o objetivo de divulgar a Lei Maria da Penha nas escolas.

 

Tião diz que as adaptações respeitaram a estrutura do cordel, mantendo o estilo da poesia tipicamente nordestina. Antes, Tião havia feito música em homenagem à Maria Penha e, por conta disso, surgiu a ideia do cordel. Assim, ele re-escreveu os artigos jurídicos em linguagem simples e acessível para ajudar na divulgação. Para, o cordelista, a principal importância do trabalho é esclarecer o funcionamento da lei. De acordo com ele, a maioria das mulheres tem conhecimento da lei, mas poucas realmente conhecem o conteúdo, o que pode ou não ser considerado violência. “O cordel está sendo eficiente na divulgação da lei. Recebo vários e-mails com depoimentos”.

 

Por conta do trabalho, Tião foi escolhido como representante do Brasil em encontro da campanha mundial “Una-se pelo fim da violência contra as mulheres”, no Panamá. A iniciativa é promovida pelo Secretário-Geral da Organização das Nações Unidas, Ban Ki-moon. De acordo o cearense, o encontro reuniu artista que, por meio da arte, promovem a diminuição da violência doméstica em seus países. Juntos, eles participaram da “Oficina de Artistas Unidos para a América Latina e no Caribe”.

 

Durante o intercâmbio, Tião disse que percebeu as semelhanças entre os países quando o assunto é a opressão contra as mulheres. Para ele, as brasileiras também são oprimidas, apesar de vivermos em um sistema democrático. “As brasileiras não são muito diferentes das que usam burca. Elas são escravas de um sistema econômico”. Segundo ele, muitas mulheres permanecem em situação de violência familiar por não possuírem independência financeira para abandonar seus lares.

 

SERVIÇO

 

Lançamento do livro 
A Lei Maria da Penha em Cordel, de Tião Simpatia

Quando: hoje (6), às 19 horas. 

Onde: Livraria Cultura (avenida Dom Luís, 1010 / Shopping Varanda Mall – Meireles).

Preço de capa: R$ 15.

Outras informações: 4008 0800 / 3224 9780.

 

 

Aline Moura
cotidiano@opovo.com.br

http://www.opovo.com.br/app/opovo/vidaearte/2011/12/06/noticiavidaeartejornal,2349973/lei-maria-da-penha-ganha-versao-em-livro-escrito-por-tiao-simpatia.shtml