Continue reading " />

IX Semana Paulo Freire leva nova exposição, palestras e mini-cursos ao Museu do Ceará

O tema desse ano é “Sujeitos, memória e patrimônio: por novas formas de lembrar”. A programação é integranda às atividades da Semana Nacional da Consciência Negra
O Museu do Ceará promove de 16 a 20 de novembro a IX Semana Paulo Freire, com debates, palestras, minicursos e exposições relacionados ao tema “Sujeitos, memória e patrimônio: por novas formas de lembrar”. A programação é integranda às atividades da Semana Nacional da Consciência Negra. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelos telefones do Museu do Ceará (3101-2610;3101-2607). A Semana Paulo Freire é uma ação cultural da Secretaria da Cultura do Ceará, por meio do Museu do Ceará, e conta com o apoio da Associação de Amigos do Museu do Ceará, Instituto Brasileiro de Museus (IBRAM) e Alagba (Associação Afro Brasileira de Cultura).

Entre os destaques da programação estão a abertura da exposição de fotografias “Uma leitura da imagem estadonovista: norte e nordeste na batalha da borracha” (1940-1945), sob a curadoria da Profa. Ms Maria Liege Freitas Ferreira (Depto de História da Universidade Federal de Campina Grande); a presença da pesquisadora Márcia Chuva, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), com palestra e lançamento de livro; além de vários mini-cursos e palestras que tratam diretamente da presença negra na história do Brasil, com aula de campo num terreiro de candomblé no encerramento das atividades.

As atividades começam na terça-feira (16), às 14, com a mesa-redonda “Ações para preservação do patrimônio cultural: pesquisa eeducação”. No mesmo dia, às 16h, a professora Maria Liege ministra palestra seguida de abertura da exposição “Uma leitura da imagem estadonovista: norte e nordeste na batalha da borracha”. Na quarta-feira, a programação tem início pela manhã, às 8h, com o mini-curso “O Ceará no tráfico interprovincial” (Prof. Ms. José Hilário Ferreira). A programação de minicursos segue sempre neste mesmo horário até o sábado, e inclui ainda os temas “Cosmovisão africana” (quinta), “As comunidades de terreiro e a saúde” (Sexta) e “Ações afirmativas: eu faço!” (sábado).

Na quarta e quinta-feira, no período da tarde, tem ainda a oficina Patrimônio cultural: perspectivas contemporâneas, às 14, e as palestras “O Dragão do Mar no Museu Histórico: memória nos objetos e na escrita da história” (quarta) e “Quixadá: monumentalidade e apropriação social do patrimônio” (quinta), à partir das 16h30. Destaque da programação, a professora Márcia Chuva (UFRJ) ministra na sexta-feira a oficina “Inventário Nacional de Referências Culturais”, às 9 horas, participa da mesa-redonda “Rotas da Alforria: referências culturais da população afrodescendente em Cachoeira, na Bahia”, às 15h, e lança o livro de sua autoria “Os arquitetos da memória: sociogênese das práticas de preservação do patrimônio cultural no Brasil (anos 1930–1940)”, às 17h30.

O sábado encerra a programação da semana, com o mini-curso “Ações afirmativas: eu faço!”, ministrado pelo professor Lino de Ogum, de 8h às 12h. No período da tarde, o professor media também uma visita ao terreiro de candomblé Ile ire axé oloibá (saída do ônibus às 14h, partindo do Museu do Ceará).

Inscrições – Os participantes podem optar por cursar 1 ou 2 módulos da Semana Paulo Freire, mediante inscrição gratuita.

Módulo 1: Movimento negro e africanidades (atividades de quarta a sexta-feira no turno manhã e sábado a tarde). Carga horária: 20 horas. Frequência mínima: 75% de presença.

Módulo 2: Memória e patrimônio (atividades de terça a sexta-feira no turno da tarde). Carga horária: 20 horas. Frequência mínima: 75% de presença. (A Oficina do Inventário de Referências Culturais não está contida na programação do Módulo II, serão oferecidas 10 vagas pelo GEPPM)

Os participantes que optarem pelos dois módulos receberam certificado de 40 horas, mediante 75% de presença durante a programação.

Serviço:
IX Semana Paulo Freire – Sujeitos, memória e patrimônio: por novas formas de lembrar
De 16 a 20 de Novembro de 2010
Local: Museu do Ceará (Rua São Paulo, 51)
Inscrição e Informações: 3101.2607/3101.2610

Fonte: Secult

Nossa Loja Virtual

Armazm da Cultura

© Todos os direitos reservados - 2013.