Continue reading " />

Húngaro possui a maior coleção de livros em miniatura do mundo

Colecionador passou quase 40 anos reunindo as pequenas preciosidades

Texto de Pablo Peixoto publicado originalmente no site Geek

Você tem o costume de colecionar livros? Hoje em dia, com tablets e kindles é cada vez mais raro ver alguém guardando estantes cheias de brochuras, ainda mais considerando o fato de que os espaços habitacionais estão cada vez menores. Pelo sim, pelo não, um colecionador húngaro conseguiu achar um meio termo e possui hoje, uma das maiores coleções de livros em miniatura.

Jozsef Tari coleciona essas pequenas edições desde 1972 e já possui 4,500 itens, incluindo um dos menores livros já publicados, com apenas 2.9 × 3.2 mm, que cabe numa casca de noz. Segundo o site Laborstory Equipment e o livro “Guiness dos Recordes”http://www.laboratoryequipment.com/news-worlds-smallest-book-032911.aspx, o menor livrinho do mundo “The Chameleon”, um conto de Anton Chekov, tem apenas 0.9×0.9 milímetros.

Segundo o site Oddity Central, a maioria dos livros são húngaros, mas também podem ser encontrados edições impressos nos Estados Unidos, Canadá, México,Austrália, Indonésia e Japão. Como regra, Tari apenas coleciona livros com menos de 76 mm, o mais antigo tem mais de cem anos. Os temas variam entre religião e esportes, literatura e culinária. O colecionador ainda possui 15 tipos diferentes de jornais em miniatura, incluindo o menor do mundo com apenas 19 × 26 mm. Nerd que é nerd tem sempre uma coleção maluca para mostrar.

Nossa Loja Virtual