Continue reading " />

Feira de Bolonha abre suas portas

Considerada por muitos o evento mais divertido do circuito internacional de feira de livros, a Feira Internacional do Livro Infantil de Bolonha abriu suas portas ontem, 28/3. Trata-se da 48ª edição do maior evento editorial do planeta especializado em livros infanto-juvenis. Os estandes dos 1.200 expositores de 55 países diferentes recebem visitantes de todo o mundo até quinta-feira. Paralelamente à feira, acontece a Mostra de Ilustradores com trabalhos de 2.836 artistas de 58 países. Justamente por causa desta mostra e de vários eventos ligados à ilustração que o evento italiano é caracterizado pela onipresença de ilustradores e suas pastas com seus portfólios para apresentar a editores.
No que tange ao Brasil, nossa participação é organizada pela CBL (Câmara Brasileira do Livro) e Apex-Brasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos), através do projeto Brazilian Publishers. Foi criado um estande do Brasil com 112 metros quadrados e 921 títulos. Segundo a CBL, em 2010, o evento rendeu aos expositores brasileiros participantes a importância de US$ 112 mil em negócios relacionados aos direitos autorais.

Outra participação nacional digna de ser lembrada é da Cosac Naify. A editora paulistana é a primeira casa brasileira a ganhar dois prêmios de uma só vez no evento mais importante de literatura infanto-juvenil do mundo. As láureas fazem parte do Bologna Ragazzi Award, e o livro Mil-folhas – História ilustrada do doce, escrito por Lucrecia Zappi e patrocinado pela doceria Dulca, faturou o prêmio máximo na categoria Novos Horizontes. Na mesma categoria, A janela de esquina do meu primo, de E. T. A. Hoffmann, ilustrado por Daniel Bueno, levou menção honrosa. A cerimônia de entrega do prêmio foi realizada ontem mesmo na própria feira italiana.

Fonte:

Nossa Loja Virtual