Continue reading " />

Famílias marcam presença na Feira do Livro Infantil

Fortaleza tenta incutir o gosto pela leitura para que a população possa desenvolver-se social e culturalmente

Estudantes, pais e crianças formaram um expressivo número de participantes que compareceu à abertura oficial da Feira do Livro Infantil, ocorrida ontem, na Praça do Ferreira, no Centro de Fortaleza, e que vai se estender até o próximo sábado, dia 18 de setembro.

Organizado pela Editora Casa da Prosa, o evento iniciou-se com apresentações de grupos artísticos e folclóricos de escolas de Fortaleza. Em seguida, falaram o organizador da feira, Almir Mota; os representantes do Ministério da Cultura, Fabiano dos Santos; e da Secretaria de Cultura de Fortaleza (Secultfor), Fátima Mesquita.

Objetivo

“Esta feira tem como objetivo principal promover a leitura, pois, com isso, estaremos garantindo a cultura, que começa trazendo, aos livros, nossas crianças”, afirmou o coordenador geral do evento.

O primeiro dia da Feira do Livro Infantil contou com várias atrações. Além do show da contadora de histórias Bia Bedran, o público infantil também maravilhou-se com o criativo brinquedo do “boneco ciclista”, instalado no centro da Praça do Ferreira. As crianças aproximavam-se e, por meio de uma manivela, faziam o boneco pedalar em cima de uma roda de bicicleta.

Jornal na Sala de Aula

O Diário do Nordeste, como apoiador da feira, montou estande para divulgação de seu projeto educativo “Jornal na Sala de Aula”, que visa incentivar o gosto pela leitura entre os estudantes. A coordenadora do projeto, Adriana Freitas, esteve à frente das ações. No espaço, também era possível fazer novas assinaturas do jornal.

Destaques

Com vários estandes espalhados na Praça do Ferreira, a amostra literária contou com a exposição de 34 editoras, sendo 11 do Ministério de Educação e três livrarias. Os livros, de vários autores brasileiros, tinham como destaques os escritores Ana Miranda, Ricardo Azevedo, Fabiana Guimarães, Mara Monteiro, Tércia Montenegro, Rosana Mont´Alverne, entre outros. A feira também busca o fortalecimento do mercado editorial, em especial, das pequenas editoras do Nordeste.

Fonte: Diário do Nordeste

Nossa Loja Virtual