Continue reading " />

Exposição de xilogravuras homenageia Fortaleza

O Museu do Ceará comemora o aniversário de Fortaleza com exposição do artista plástico e cordelista “João Pedro de Juazeiro”. A mostra será aberta no dia 13 de abril, reunindo 27 xilogravuras de tamanhos variados, coloridas e em preto e branco, enfocando temas relacionados à cidade.

Na abertura haverá uma oficina de xilogravura com alunos do ensino médio de escolas públicas de Fortaleza. Serão duas turmas de 30 alunos – uma pela manha, de 9h às 12h e outra pela tarde, de 14h as 17h – que recebem noções teóricas e práticas sobre a arte da xilogravura. A exposição é gratuita e fica em cartaz até o fim de abril com visitação aberta ao público de terça a sábado, de 9 às 17 horas.

João Pedro Do Juazeiro a Fortaleza*

O gravador João Pedro Carvalho Neto, nascido em Ipaumirim (CE), em 1964, e criado no Juazeiro do Norte, veio para Fortaleza em 2000. Trouxe no matulão, fé, saudades e vivências. Seu Cariri se transfigura no cotidiano da metrópole, com seus novos mitos, lendas urbanas, violência e caos.

João Pedro não perde a dimensão da poesia. Suas gravuras nos levam a um recorte da cidade que é único: o olhar do estrangeiro (romeiro) se aclimatou aos novos códigos. Corta na mesma tábua de umburana, com o mesmo estilete, cenas de seu novo lugar. Aqui estão Iracemas saídas de um romance indigenista, prédios que são referências da memória, ampliações de postais, com jangadas e torres, e a fachada de nosso Museu do Ceará. Sua gravura recorre à cor e aprisiona uma cidade que pulsa e se deixa seduzir, malemolente, nos sulcos, relevos e incisões de suas mãos de mestre.

*Apresentação do artista feita por Gilmar de Carvalho

Serviço:

Exposição de Xilogravura de João Pedro de Juazeiro

Local: Museu do Ceará

Endereço: Rua São Paulo, 51 – Centro

Horário: de terça a sábado, de 9 às 17 horas

Nossa Loja Virtual