Continue reading " />

Exposição aproxima público de Nabuco

Como parte das celebrações pelo centenário de morte de Joaquim Nabuco, a Academia Brasileira de Letras (ABL) inaugura nesta quinta-feira (13), às 17h30, a exposição “Encontros com Nabuco”, sob coordenação geral do presidente da ABL, Marcos Vinicios Vilaça. A proposta é a de promover uma aproximação “bem íntima” entre o homenageado e o público.

O espírito da exposição é fazer com que os visitantes venham a descobrir os muito “Joaquins” e “Nabucos” retratados em textos dele mesmo, em fotos e espaços recriados para reproduzir as fases de sua vida. A mostra estará aberta ao público, com entrada franca, das 9h às 18h, no primeiro andar do Centro Cultural da Academia (Avenida Presidente Wilson, 203 – Castelo. Rio de Janeiro/RJ). A curadoria é da historiadora Mary Del Priore e da museóloga Maria de Lourdes Parreiras Horta.

Aos cuidados do antiquário Arnaldo Danemberg, foi recriado na mostra um espaço cenográfico que sugere uma das salas da Revista Brasileira, local na Travessa do Ouvidor onde os intelectuais da época se reuniam. Dessas reuniões, nasceu a Academia Brasileira de Letras, da qual Nabuco, juntamente com Machado de Assis, Ruy Barbosa e Lúcio de Mendonça, entre outros, foi um dos fundadores. Machado se tornou o primeiro presidente e Nabuco, o secretário geral.

Como fundo musical da exposição, os visitantes poderão ouvir as músicas do polonês Frédéric Chopin, um dos compositores clássicos preferidos do biografado. Um programa educativo, com monitores treinados, terá lugar ao longo da mostra, com o objetivo de atender escolas e grupos interessados em uma visita especial.

A exposição terá sete sessões, com 21 painéis básicos, representando as múltiplas facetas do homem Joaquim Nabuco. Assim o visitante terá desde Nabuco, o memorialista, com trechos de seu livro Minha formação e de sua infância na fazenda Massangana; como também o advogado, defendendo o negro Tobias; o abolicionista: a grande causa, textos, cartas, imagens dos negros na lavoura, o 13 de maio, textos seus sobre a escravidão e a carreira política; o diplomata, suas missões, viagens e encontros, a descoberta do mundo, o exílio, a saudade, o pan-americanismo; o acadêmico, sua amizade com Machado de Assis e outros intelectuais da época, a Revista Brasileira, a Academia Brasileira de Letras; o amigo e o pai de família, correspondência com Machado de Assis, as amizades, a família, o pai, o marido amoroso; e, finamente, o filósofo, com textos de seu diário, textos diversos, a relação com a religião, a espiritualidade. O retrato de muitos homens em somente um.

Encontro com Nabuco
Coordenação Geral: Acadêmico Marcos Vinícios Vilaça
Curadoria: Mary Del Priore
Primeiro andar do Centro Cultural da ABL
Avenida Presidente Wilson 203, Castelo, Rio de Janeiro
Inauguração: 13/05/2010, quinta-feira, às 17:30h
Visitação: de segunda a sexta, de 9 às 18 horas
Entrada franca
www.academia.org.br
Telefone: 21 3974-2500

Fonte: Publishnews

Nossa Loja Virtual

As últimas do Twitter:

Links Sugeridos:

Livrômetro

58.620.865