Continue reading " />

Estímulo à leitura em presídios deve ser ampliado

Idealizado por dois bibliotecários, o projeto Leitura Ativa funciona há seis anos em dois presídios na cidade de São Paulo. Mas com a ajuda do governo essa ação deve ser ampliada para 26 unidades, levando livros e cidadania aos reeducandos. Uma nova maneira de estimular a transformação social, abrindo portas para homens e mulheres em busca de um futuro melhor.

Veja a reportagem.

Nossa Loja Virtual