Continue reading " />

E-books demoram mais para serem lidos que livros impressos

De acordo com um estudo realizado pelo Nielsen Norman Group — que não deve ser confundido com a empresa de análise de mercado Nielsen — com 24 leitores que apreciaram obras de Ernest Hemingway no PC, no Kindle 2, no iPad e no bom e velho livro impresso, este último ainda é o mais rápido para concluir a leitura. O estudo concluiu que dos três meios digitais analisados, o iPad foi o que mais perto chegou dos livros impressos, sendo 6,2% mais lento que o papel. Leitores no Kindle foram 10,7% mais lentos do que no método mais tradicional. A leitura no PC foi a mais lenta, embora não tenha sido divulgado o quanto. O nível de compreensão também foi analisado ao fim de cada leitura, para garantir que os participantes do estudo estavam realmente entendendo plenamente o que liam, e não só correndo pelas páginas. Foi concluído que o nível de compreensão era o mesmo independentemente da plataforma.

Fonte: Publishnews

Nossa Loja Virtual