Continue reading " />

E-book da biografia de Steve Jobs já é o mais vendido até hoje no Brasil

Saraiva, Livraria Cultura e Gato Sabido reportam vendas surpreendentes da versão eletrônica da obra

 

Steve Jobs, infelizmente, não está mais entre nós, mas continua gerando fenômenos. A versão eletrônica da biografia do fundador da Apple bate recordes de venda e já é o e-book mais vendido no país até hoje, em apenas 11 dias desde o lançamento oficial.
“É o e-book que mais vendeu até hoje em nossa rede”, afirma Marcílio D’Amico Pousada, diretor presidente da livraria Saraiva, a maior varejista de livros do país. Segundo o executivo, o número de exemplares vendidos do e-book de Steve Jobs – A biografia (Companhia das Letras, 624 pp., R$ 49,90 e e-book R$32,50  Trad. Pedro Maia Soares e Berilo Vargas e Denise Bottmann), de Walter Isaacson,  corresponde a 22% do total de cópias físicas vendidas até agora nas lojas da Saraiva.
Segundo Pousada, a Saraiva já registrou comercialização mais expressiva de e-books no caso de uma promoção com livros de bolso da editora do grupo, porém, nesse caso, os títulos foram oferecidos aos clientes gratuitamente, e não vendidos.
Na Livraria Cultura, a venda do e-book de Steve Jobs corresponde a 10% da venda dos exemplares impressos, segundo Mauro Widman, coordenador de e-books da rede. A porcentagem é bastante superior àquela registrada pelos títulos eletrônicos em geral, que, na média, fica abaixo de 5%. “No nosso caso, o e-book da biografia de Steve Jobs ainda não é o mais vendido da história”, diz Widman. “Mas vai alcançar esse posto se até dezembro continuar vendendo no ritmo atual.”
Na Gato Sabido, a empolgação em relação ao e-book da biografia é total. Para Carlos Eduardo Ernanny, sócio da varejista virtual, a versão eletrônica da obra é “o primeiro fenômeno digital do Brasil”. Ele conta que as vendas do título já ultrapassaram as de 1822 no acumulado deste ano. O livro de Laurentino Gomes ainda é o mais vendido na história da Gato Sabido levando-se em conta os resultados registrados em 2010, mas deve perder o posto em breve para Steve Jobs, calcula Ernanny. “É impressionante como o livro está indo bem”, diz.
Segundo a Companhia das Letras, a editora da obra, até agora foram vendidos 3 mil e-books.
O sucesso do e-book é explicado, segundo os livreiros, por diferentes fatores: o lançamento simultâneo de versão eletrônica e dos exemplares físicos; o preço menor do e-book (está sendo ofertado por R$ 28,90, contra os R$ 37,50 da versão impressa); a comodidade da leitura eletrônica, uma vez que a cópia física tem mais de 600 páginas, e a mídia que a obra obteve, especialmente após a morte de Steve Jobs no início de outubro.

De qualquer forma, não deixa de ser curioso que o homem responsável pelas invenções eletrônicas mais influentes dos últimos tempos esteja por trás do mais novo fenômeno da leitura digital.

Fonte: Publishnews

Nossa Loja Virtual