Continue reading " />

Do Haiti para o Rio

Uma semana depois do terremoto que assolou o Haiti, surgiu a ideia do projeto 100 Stories for Haiti, do britânico Greg McQueen, que pretendia repassar 100% do lucro para as vítimas do terremoto. No início de março o projeto começou a ganhar uma versão brasileira (confira a notícia no PublishNews). Mas enquanto o projeto era desenvolvido em terras tupiniquins, a tragédia alcançou o Rio de Janeiro: o temporal que inundou a capital e vizinhanças desbarrancou morros, soterrou casas e destruiu vidas. E o projeto pelo Haiti tomou novas proporções. Escritores brasileiros foram convidados a mandar suas histórias e o projeto foi rebatizado: Rio-Haiti, 101 histórias. Uma esperança.

Conheça os autores dos contos:

Angela Dutra de Menezes nasceu na cidade do Rio de Janeiro. Jornalista, trabalhou no jornal O Globo e na revista Veja. Tem sete livros publicados. Dois deles também em Portugal e na Espanha. É autora do best-seller O português que nos pariu.

Antonio Carlos Secchin é professor de literatura, ensaísta, contista, poeta e membro da Academia Brasileira de Letras.

C. S. Soares é autor de Santos Dumont Número 8, primeiro romance brasileiro publicado em redes sociais on-line. É especialista em tecnologia da informação e editor do Pontolit.

Claufe Rodrigues é poeta e autor de 11 livros, com atuação marcante no cenário cultural carioca há mais de 30 anos. Fez parte dos grupos de poesia Bandidos do Céu, Bazar dos Baratos, Ver o verso e Os Camaleões – este último, ao lado de Pedro Bial e Luiz Petry. É repórter e editor do canal Globo News. Realizou os documentários O Poeta Fingidor, sobre Fernando Pessoa; O Bruxo das Palavras, sobre o centenário de Machado de Assis; e Euclides, uma vida em linha reta, sobre Euclides da Cunha.

João Montanaro, com apenas 13 anos de idade, é considerado um fenômeno, trabalhando regularmente para veículos como Folha de S. Paulo, jornal para o qual produz tiras quinzenalmente. Artista precoce, tem seu talento reconhecido por cartunistas de renome como Laerte, Adão Iturrusgarai, Jean Galvão e Paulo Carranza, entre outros, que o homenageiam (e são homenageados) em “Cócegas no raciocínio”, compilação de trabalhos já publicados e inéditos do jovem artista, que será lançada na Bienal do Livro de São Paulo.

Menalton Braff tem 14 livros publicados e um prêmio Jabuti na bagagem (À sombra do cipreste) e dedica seu tempo ao magistério (ensino médio) e a atividades literárias.

Felipe Pena é jornalista, escritor, psicólogo, professor da Universidade Federal Fluminense e autor de 10 livros, entre eles o romance O marido perfeito mora ao lado, lançado pela editora Record em 2010.

Fernando Alves nasceu em São Paulo em 1966, com raízes portuguesas e italianas. É um leitor voraz e eclético, apesar da queda por História. Graduado em Letras e pós-graduado em Marketing e Gestão Editorial, é editor há mais de 20 anos. Hoje, está à frente de sua própria casa, Longarina. E o mais importante: pai do Henrique e marido da Cris!

Galeno Amorim é diretor do Observatório do Livro e da Leitura. Jornalista e autor de 12 livros de literatura infanto-juvenil e ensaios, tem várias obras sobre a questão da leitura (foi organizador de Retratos da Leitura no Brasil, entre outros). Foi o criador do Plano Nacional do Livro e Leitura (PNLL).

Henrique Rodrigues nasceu no Rio de Janeiro, em 1975. É doutorando em Literatura na Puc-Rio e trabalha com projetos de incentivo à leitura. Escreve livros de poesia, infantis, e recentemente organizou a antologia Como se não houvesse amanhã: 20 contos inspirados em músicas da Legião Urbana. Site www.henriquerodrigues.net.

João Gabriel de Lima é escritor e jornalista. Publicou os romances O Burlador de Sevilha (Companhia das Letras, 2000) e Carnaval (Objetiva, 2006). É diretor de redação da revista Bravo!

Lúcia Bettencourt é uma carioca que gosta de ler e que já publicou A secretária de Borges e Linha de sombra (Record).

Luis Eduardo Matta nasceu no Rio de Janeiro em 1974. Estreou na literatura em 1993, aos 18 anos, com o thriller Conexão Beirute-Teeran. É autor de romances de mistério e suspense para os públicos adulto e juvenil, como Ira implacável (2002), 120 horas (2005), Morte no colégio (2007), O rubi do Planalto Central (2009) e O véu (2009). Tem diversos artigos e ensaios publicados, a maioria na revista DigestivoCultural.com.

Marcelo Moutinho nasceu no Rio de Janeiro (RJ), onde vive, em 1972. Publicou os livros Memórias dos barcos (7Letras, 2001) e Somos todos iguais nesta noite (Rocco, 2006). Além disso, organizou as antologias Prosas cariocas (Casa da Palavra 2004), Contos sobre tela (Pinakotheke, 2005) e Dicionário Amoroso da Língua Portuguesa (Casa da Palavra, 2009), e o livro Canções do Rio – A cidade em letra e música (Casa da Palavra, 2010). Site do autor: www.marcelomoutinho.com.br.

Márcio-André é escritor, tradutor, performer, e editor da revista Confraria do Vento. Foi professor de escrita criativa na Universidade de Coimbra, Portugal, e na UFRJ. Colaborou para os jornais O Globo e Jornal do Brasil e é articulista do Estado de Minas.

Mauro Ventura, filho de Zuenir Ventura, é jornalista do Globo, onde trabalha como repórter especial do Segundo Caderno e escreve a coluna Dois Cafés e a Conta na revista O Globo. Prepara um livro sobre a maior tragédia da história do Brasil, o incêndio do Gran Circus Norte-Americano, em 1961, que será lançado em 2011.

Omar de Souza é jornalista, tradutor e escritor, e trabalha atualmente como editor geral da Garimpo Editorial.

Patrícia Sotello é gaúcha, mas mora no Rio de Janeiro desde 1984. É formada em Letras e pós-graduada em Produção Editorial. Atua como revisora e é colaboradora do Pontolit.

Ramon Mello nasceu em Araruama/RJ, em 1984. É poeta e jornalista. Mantém os blogs Sorriso do Gato de Alice, ClickInversos e Letras-Saraiva Conteúdo. Organizador de Escolhas – autobiografia intelectual da professora Heloisa Buarque de Hollanda. Pesquisador e coorganizador de Enter, Antologia Digital. Responsável pela obra do poeta Rodrigo de Souza Leão, falecido em 2009. É autor do livro de poemas Vinis mofados (Língua Geral).

Raymundo Silveira é médico e escritor. Durante onze anos foi membro do Conselho Editorial da Revista Médica FEMINA onde publicou artigos científicos. Suas atividades na literatura convencional tiveram início com o advento da Internet. Faz parte da Sociedade Brasileira de Médicos Escritores (SOBRAMES) e do Grupo de Contistas de São Paulo.

Roberto Muggiati é jornalista, escritor, tradutor, autor do romance A contorcionista mongol (Record, 2000), das antologias de contos A selva do dinheiro e A selva do Amor (Record, 2002 e 2003) e de Improvisando soluções (BestSeller, 2008).

Sidney Rocha, 44, é autor de Sofia, uma ventania para dentro (Ateliê Editorial, 2006) e Matriuska (Iluminuras, 2009). Vive entre o Recife, São Paulo e Brasília enquanto termina o seu novo romance, o-homem-que-levaria-o-pirimeiro-tiro, que será lançado em 2011.

Simone Magno, carioca, 43 anos, é jornalista e escritora, autora do livro de poesia Avelã pirata (Achiamé) e do blog de minicontos http://aluadepoisdogravador.blogspot.com. É responsável pelo Tempo de letras, boletim diário sobre literatura da Rádio CBN, no ar desde maio de 2007.

Valéria Martins é jornalista e autora dos livros Mr. Page e os sonhos (Mojo Books, 2009) e Encontros com Deus – 21 personalidades narram sua busca espiritual (Mauad Editora, 1997), entre outros. Mantém o blog A Pausa do Tempo –www.pausadotempo.blogspot.com

Fonte: Publishnews

Nossa Loja Virtual