Continue reading " />

Uma história das Copas do Mundo será lançada pela editora Armazém da Cultura

 

Nunca foi feito nada igual no Brasil”, escreve  Juca Kfouri, em sua apresentação do livro Uma História das Copas do Mundo – futebol e sociedade, de autoria do historiador Airton de Farias,  a ser lançado em abril pela editora Armazém da  Cultura. O texto, em mais de mil páginas, editado em 2 volumes,  aborda a contextualização política do mundo pré-Copa, de 1930, ano da primeira Copa, até hoje, quando chegamos à vigésima,  insere e relaciona o esporte mais popular do planeta na vida e na política com grandes fatos e processos históricos do final do século XIX, XX e início do XXI.   Em nome da bola fez-se guerras, como entre Honduras e El Salvador, em 1969. Em nome da bola, torcidas digladiar-se-iam.

Em nome da bola, a paz aconteceu. Com a bola, o neonazismo se expande na Europa, aproveitando-se da crise que o mundo capitalista vive desde 2007. Em nome da bola, povos se confraternizaram, a ponto de inimigos irreconciliáveis, a exemplo de Irã e Estados Unidos, darem-se as mãos dentro de campo e ficarem lado a lado, como se fossem velhos companheiros em divertido jogo de várzea no final da tarde. Com a bola, um indiozinho argentino (Maradona) venceu um gigante inglês, vingando toda uma nação que perdera uma ilha numa guerra delirante estimulada por uma ditadura sanguinária. São relatos do autor Airton de Farias, fundamentados em pesquisa de dois anos e meio com inúmeras fontes e matérias que respaldam e conferem absoluta credibilidade ao livro.

O Brasil, que por séculos viu em sua composição mestiça um traço de inferioridade, verdadeiro “complexo de vira-latas”, teria no futebol a redenção. Cinco vezes dominou o mundo. Um negro (Pelé) e um índio (Garrincha) trariam a glória. A bola foi ferramenta para questionar e dominar. Ditadores usaram-na, mas também governos democráticos. Uma história das Copas do Mundo mostra a ascensão de povos e países no cenário internacional, como a realizada na África do Sul e as que se realizarão no Brasil e na Rússia, não por acaso, países do BRICS, nações de economia em ascensão.

 Muito mais que uma história futebolística das Copas, Uma história das Copas do Mundo, com ilustrações de Daniel Brandão, é uma apaixonante história política e social desde os primórdios do esporte. Como atesta Juca Kfouri,  um dos mais respeitados nomes da imprensa esportiva nacional: “o que você tem nas mãos é uma obra portentosa. Nem mais nem menos.”

Pré-lançamento : 24/05/2014, às 10 horas, no espaço cultural da editora Armazém da Cultura, com transmissão online (livro com preço promocional)

Lançamento : 05/06/2014, às 19:00, na livraria Cultura .

Valor de cada volume : R$ 85,00

 

Nossa Loja Virtual