Continue reading " />

Concurso Curumim incentiva a leitura e a literatura

A Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil – FNLIJ, seção brasileira do International Board on Books for Young People – IBBY, com o propósito de incentivar a produção literária para crianças e jovens e a leitura, tem promovido concursos de textos para professores que incentivam a leitura literária junto a crianças e jovens.

Em 2004, a FNLIJ iniciou a parceria com o INBRAPI – Instituto Indígena Brasileiro para Propriedade Intelectual, presidido pelo escritor Daniel Munduruku. Agora, em 2009-2010, como uma ação de fortalecimento da nova década dos povos indígenas (2005/2015) proclamada pela UNESCO, em parceria com o INBRAPI, por meio do Núcleo de Escritores e Artistas Indígenas NEArIn, a FNLIJ promove o 7º CONCURSO FNLIJ CURUMIM – LEITURA DE OBRAS DE ESCRITORES INDÍGENAS.

Orientações:

– Poderão participar professores e educadores brasileiros residentes no Brasil;

– O candidato inscrito deve informar a vinculação a uma escola ou instituição;

– O texto inscrito deve ser fruto de um trabalho de leitura dos livros de literatura para crianças e jovens de autoria de escritores indígenas;

– O texto pode vir apresentado em forma de relato e deve mencionar a(s) obra(s) de autor(es) indígena(s) trabalhada(s), com a referência bibliográfica completa. O relato deve expressar o trabalho com a leitura dos livros de autores indígenas pelo professor junto às crianças e seus desdobramentos, tais como interpretações, textos, propostas;

– A FNLIJ apresenta uma sugestão de obras de autores indígenas, feita em parceria com o escritor Daniel Munduruku, em anexo, para a pesquisa e o trabalho dos professores. Além dessas, poderão ser trabalhadas outras obras de autoria indígena, que não foram contempladas na lista sugerida;

– Cada texto deve ser apresentado impresso em t rês cópias, em papel A4, fonte Arial 12, espaçamento 1,5, tendo o máximo de t rês laudas, com o título do trabalho e com pseudônimo;

– Separadamente, em uma folha, o participante deve informar seus dados pessoais (nome completo, instituição a que pertence, endereço/ cep pessoal e profissional, telefone, e-mail, cidade e estado) e uma breve biografia de 5 linhas com sua experiência como promotor de leitura;

– Os trabalhos deverão ser enviados até 30 de abril de 2010 para a sede da FNLIJ: Rua da Imprensa, 16 sala 1215, CEP 20030-120 Rio de Janeiro RJ;

– Após o concurso, os trabalhos não serão devolvidos.

Julgamento:
– A comissão julgadora será composta por especialistas indicados pela FNLIJ e pelo Núcleo de Escritores e Artistas Indígenas NEArIn – do INBRAPI;

– A seleção dos textos levará em conta critérios como: leitura de histórias indígenas para crianças e jovens; criatividade do texto; transmissão de conhecimentos da cultura indígena, valorização da cultura indígena, compreendida num contexto debdiversidade e de respeito às suas diversas expressões;

– Caberá à comissão julgadora selecionar ou não mais de um vencedor.

Premiação:
– O vencedor terá seu texto publicado no jornal Notícias da FNLIJ;

– Outros textos selecionados poderão ser publicados no jornal Notícias da FNLIJ;

– Os resultados serão comunicados diretamente aos vencedores pela FNLIJ e divulgados no Notícias e no site da FNLIJ: www.fnlij.org.br;

– Receberão o prêmio os profissionais e as instituições que desenvolveram o trabalho apresentado;

– A FNLIJ doará um acervo de livros aos vencedores;

– A entrega dos prêmios será feita durante o evento 12º Salão FNLIJ do Livro para Crianças e Jovens.

Fonte: Blog do Galeno

Nossa Loja Virtual