Continue reading " />

Começa nesta sexta-feira a IX Bienal do Livro do Ceará

A IX Bienal Internacional do Livro do Estado do Ceará será realizada de 9 a 18 de abril, no Centro de Convenções de Fortaleza. O evento traz como tema principal “O Livro e a Leitura dos Sentimentos do Mundo” e pretende revelar os caminhos que se unem no universo da leitura. A homenageada desta edição é a escritora cearense Rachel de Queiroz, que completaria 100 anos em 2010 e cujas obras irão nomear espaços montados no local de realização do evento. A Bienal do Ceará reunirá alguns dos principais nomes da literatura mundial e nacional, editoras, livrarias e profissionais que compõem as cadeias do livro e da leitura, em uma vasta programação nos turnos da manhã, tarde e noite.

Além de lançamentos de livros, palestras e encontros entre escritores e o público, a Bienal do Livro terá em sua programação encontros paralelos, debates e eventos, entre eles: o V Encontro do Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas; o III Encontro Estadual de Agentes de Leitura; o Encontro dos Amigos da Leitura; o I Encontro dos Clubes de Leitura do Ceará; o I Encontro dos Pontos de Leitura; o II Congresso Nordestino de Poetas Cordelistas, Editores e Folheteiros; e o I Fórum Nordeste do Livro e da Leitura. Além disso, serão promovidas oficinas, declamações, recitais, saraus, palestras e encontros que movimentarão todo o Centro de Convenções durante os dez dias de Bienal Internacional do Livro do Ceará.

Outro destaque na programação será a realização do seminário Cultura, Democracia e Socialismo na América Latina e Caribe, que reunirá destacados intelectuais para discutir integração cultural, comunicação, integração regional e o futuro do Socialismo na América Latina e Caribe. Entre os nomes consagrados da literatura que participarão estão Cláudio Katz, Justo Pereda Rodríguez e Emir Sader.

Homenagem a Raquel de Queiroz
No ano em que completaria 100 anos, a escritora Rachel de Queiroz será a grande homenageada da IX Bienal Internacional do Livro do Estado do Ceará. O espaço “Não me Deixes”, elaborado para homenagear a ilustre cearense, terá a presença de editoras e empresas, além de receber durante todos os dias do evento diversos grupos e projetos onde os focos principais serão a vida e a obra da escritora. Entre as editoras e projetos já confirmados estão: Literatura de Lua (Livraria Lua Nova), Poesia Remix, Pausa Dramática, Bazar das Letras do SESC, projeto Ouvi Dizer do CCBNB, Poemas Violados, Templo da Poesia, Os Poetinhas de Caucaia, Zona Poética Liberada, Academia Cearense de Letras, Associação Cearense de Escritores, Academia Maria Ester de Literatura, Papo Literário (TVC) e muitos outros.

Autora de destaque na ficção social nordestina, Raquel de Queiroz foi primeira mulher a ingressar na Academia Brasileira de Letras, em 1977. Foi também a primeira mulher contemplada com o Prêmio Camões, equivalente ao Nobel, na língua portuguesa, no ano de 1993. Autora de obras célebres, como “O Quinze” e “Memorial e Maria Moura”, Rachel de Queiroz também teve incursões na literatura infantil, em obras como “O Menino Mágico” e “Cafute & Perna-de-Pau”, e no teatro, assinando obras como “Lampião” e “A beata Maria do Egito”.

Outros espaços da Bienal terão nomes de obras da escritora, como por exemplo o Espaço Dôra, Doralina, que trará a exposição Livros de Artistas, e a Arena Cultural Memorial de Maria Moura, que reunirá diversas tendências, tribos e interesses em encontros leves nos quais se discutirá a literatura e suas relações com as artes do cinema, do desenho, da música e dos quadrinhos.

Aniversário de Fortaleza
No dia 13 de abril, data de comemoração do aniversário da cidade de Fortaleza, a Bienal terá uma programação especial. Está agendada a execução do Hino de Fortaleza e um cortejo do Maracatu Nação Fortaleza, além do lançamento da quinta edição do livro Fortaleza Belle Èpoque, do historiador Sebastião Ponte, e da realização de mesa especial de debates, reunindo alguns dos mais conceituados memorialistas do Ceará, como Miguel Ângelo de Azevedo (Nirez), Christiano Câmara, Marciano Lopes, Zenilo Almada e Nilo Firmeza (Estrigas).

Ação Social
O projeto Visitação Escolar à IX Bienal Internacional do Livro, do Programa Por Um Pacto Social pelo Livro, da Secretaria da Cultura do Ceará (Secult), levará alunos da rede pública e privada de ensino para o mundo do livro. A ação premiará também oito alunos e suas escolas no concurso de redação A Bienal nas Escolas. Este ano, o tema do concurso será “Ser culto é a única forma de ser livre”, verso do poeta libertário cubano José Martí.

Literatura Infantil
No domingo (18), último dia da Bienal, a programação de todos os espaços será voltada à literatura infantil e contará com a presença de grandes expoentes do imaginário das crianças, como Maurício de Souza e Pedro Bandeira. A jornalista e escritora que faz livros para o público adolescente, Thalita Rebouças, também estará presente na Bienal. Para encerrar, o músico e escritor Arnaldo Antunes apresentará o espetáculo Pequeno Cidadão.

IX Bienal Internacional do Livro do Estado do Ceará
Local: Centro de Convenções de Fortaleza
Data: 9 a 18 de abril de 2010

• Mais informações para a imprensa sobre o assunto com a AD2M Engenharia de Comunicação, pelo fone (85) 3258.1001. Falar com Bruno Sampaio (85) 9605.0462 – bruno@ad2m.com.br ; ou Juliana Lousada (85) 8765.5727 – julianalousada@ad2m.com.br

Fonte: Secult

Nossa Loja Virtual

As últimas do Twitter:

Em breve oitava edição em 20 anos de publicação do livro #HistóriadoCeará , autoria Prof. Aírton de Farias fb.me/1fyFGNoAD

À espera do Irma, empresário desabafa e relato comparando RJ a Miami viraliza @UOL noticias.uol.com.br/internacional/…

Focos de poesia no Brasil. Que tal acrescentar o seu grupo? Veja o app abaixo . fb.me/wVmVwvMr

Aniversário Armazém da Cultura: 8 aninhos 🍾🍀 pic.twitter.com/ToanE0qLCJ

Twitter Media

Publishnews indica uma alta por obras de autoajuda e infantojuvenis. Autor mais vendido:Edir Macedo nexojornal.com.br/grafico/2017/0… via @nexojornal

Por que Jane Austen ainda é tão lida, 200 anos depois de sua morte? fb.me/7BXt1iyiK

Por que Jane Austen ainda é tão lida, 200 anos depois de sua morte? www1.folha.uol.com.br/ilustrissima/2… via @folha

Links Sugeridos:

Livrômetro

58.620.865