Continue reading " />

Coletâneas resgatam produção perdida da juventude

Mandacaru e Serenata serão lançados no dia 17 de novembro

Antes de publicar O quinze (1930), Rachel de Queiroz já escrevia crônicas e poemas para jornais cearenses. Nunca, no entanto, se reconheceu poeta e renegou os versos até o fim da vida. Este período será resgatado agora com Mandacaru (Instituto Moreira Salles, 160 pp., R$ 36) e Serenata (Armazém da Cultura, 164 pp., valor a definir), ambos com lançamento previsto para 17/11. Mandacaru data de 1928 e todos os dez poemas do livro são acompanhados de fac-símiles dos manuscritos dos versos. A edição foi organizada por Elvia Bezerra, coordenadora de literatura do IMS. Já a cópia dos poemas de Serenata (1925-30) foi descoberta pelo bibliófilo José Augusto Bezerra, que mantém o Memorial Rachel de Queiroz em Fortaleza.

Fonte: Publishnews

Nossa Loja Virtual

As últimas do Twitter:

Mais uma apresentação do #Invocado , um jeito cearense de ser musical #bandadonazefinha CD e Livro de... fb.me/1UOXCry1X

Bel , a princesa nordestina foi lançado na #XIIBienalIntetnacionaldoLivrodoCeara pela editora Armazém da Cultura... fb.me/3GRhea25s

#XIIBienalInternacionaldoLivrodoCeará , penúltimo dia de uma jornada literária diversificada e inesquecível.

Bel , a princesa nordestina foi lançado na #XIIBienalIntetnacionaldoLivrodoCeara pela editora Armazém da Cultura... fb.me/1i3XnjGKW

Gilmar de Carvalho , João Silvério Trevisam e Lira Neto falam da obra de Parabélum, última edição publicada pela... fb.me/xsZ9SRoO

#Parabélum de #GilmardeCarvalho é tema de mesa na #C#XIIBienalIntetnacionaldoLivrodoCeara com Participação de... fb.me/23yBhY0xz

Hoje na XII Bienal Internacional do Livro do Ceará, Armazém da Cultura lança Cidades de autoria de Joaquim Cartaxo fb.me/1tA5iWeHL

Links Sugeridos:

Livrômetro

58.620.865