Continue reading " />

Cearenses prestam homenagem a Rachel de Queiroz em seu centenário

Lançamentos de livros, premiação, sarau literário, sessão solene, passeio à fazenda Não-Me-Deixes são algumas das homenagens à escritora cearense Rachel de Queiroz (1910-2003) que, se viva estivesse, completaria 100 anos de idade em 17 de novembro de 2010. Primeira mulher a entrar para a Academia Brasileira de Letras, em 1977, Rachel, além de escritora, foi jornalista.

Em Fortaleza, uma das homenagens é organizada pelo Grupo de Comunicação O POVO e Fundação Demócrito Rocha, em parceria com a Academia Cearense de Letras. Em festa literária na ACL, escritores brasileiros receberão troféus e placas. O Prêmio Rachel de Queiroz de Literatura, em três categorias, será concedido a Ariano Suassuna (Autor Nacional); Carola Saavedra (Jovem Autora) e Artur Eduardo Benevides (Autor Cearense).

Além dos premiados, serão homenageados com placas comemorativas os escritores Moreira Campos (1914-1994), contista; Eduardo Campos (1923-2007), dramaturgo; e Jáder de Carvalho (1901-1985), poeta e romancista. O evento integra o projeto Rachel de Queiroz 100 anos que a ACL e as duas empresas realizam desde o início deste ano. Saiba mais no site: www.anoracheldequeiroz.com.br.

Ainda na linha de festa literária, a editora Armazém da Cultura lança livro inédito de Rachel intitulado Serenata, que reúne poemas publicados entre 1925-1930 em jornais e revistas cearenses da época. O material foi entregue à editora pelo bibliófilo José Augusto Bezerra, que mantém o Memorial Rachel de Queiroz, com o consentimento da família de Rachel. A obra foi organizada pela escritora Ana Miranda, que também faz a apresentação. O lançamento será na nesta quinta-feira (18), às 19h, no Espaço Armazém da Cultura (Rua Jorge da Rocha 154 Aldeota), durante sarau literário com a presença de Maria Luiza de Queiroz, irmã de Rachel.

Também no dia 18, haverá uma sessão solene no Senado Federal para celebrar o cententário de nascimento da escritora cearense. A iniciativa é do Senador Inácio Arruda que, na ocasião, irá distribuir cópia do fac-símile manuscrito do livro “O Quinze”, obra que consagrou Rachel de Queiroz como uma das maiores escritoras brasileira. O manuscrito foi disponibilizado por José Mindlin (1914-2010). Ainda como forma de estender a comemoração para todo o Brasil, Inácio Arruda propôs também, através do projeto de lei (PLS 559/2009), que 2010 fosse o “Ano Nacional Rachel de Queiroz”.

Além do mundo literário e político, o movimento popular cearense também presta homenagem à escritora. A coordenação do Movimento Pró-Parque Rachel de Queiroz promove um encontro nesta quarta-feira (17), a partir das 7h30min, em frente a área verde do Presidente Kennedy (Av. Parsifal Barroso, ao lado do Túnel da Bezerra de Menezes). O objetivo é comemorar o centenário da escritora e cobrar a liberação dos recursos previstos no Orçamento Municipal, para a intervenção naquela área, que equivale ao trecho 6 do projeto do Parque Rachel de Queiroz.

Já a homenagem do Movimento Proparque, que atua em defesa do Parque Rio Branco, será com a edição do Projeto Passeio Ecológico Proparque, no próximo domingo (21), em Quixadá, município cearense famoso por suas formações rochosas e por abrigar a histórica fazenda Não-me-deixes, da escritora Rachel de Queiroz. Ali, os visitantes podem percorrer os diversos cômodos, da varanda à cozinha, quarto e biblioteca da escritora. No trajeto, as paisagens que serviram de cenário para vários romances de Rachel podem ser reconhecidos.

O projeto dos Passeios Ecológicos Proparque tem o objetivo de promover a contemplação das paisagens cearenses e ser o meio econômico-financeiro de manutenção das ações que o Movimento desenvolve no Parque Ecológico Rio Branco, em Fortaleza. O transporte em ônibus com ar-condicionado e lanche a bordo, leva os visitantes também para almoço na Serra do Estêvão, ao açude Cedro e ao Santuário Rainha do Sertão.

Contatos: Joelma Leal, assessora de imprensa do Grupo O Povo de Comunicação – (fone: 85 3255.6000) / Emília Augusta, assessora de imprensa do senador Inácio Arruda – (fone: 85 9994 9140) / Mariana Dummar Pontes, assessora de imprensa do Armazém da Cultura – (fone: 85 3224 9780) / Evânia Severiano – (85 8899 7589), Dilza Gomes – (fone: 85 8735 9921), Aguinaldo José (fone: 85 8831 9575), do Movimento Pró-Parque Rachel de Queiroz / Passeio Ecológico Proparque, Luísa Vaz e Ademir Costa, da Coordenação do Movimento Proparque – (fones: 3254 1203 e 8838 1203)

Fonte: Agência da Boa Notícia

Nossa Loja Virtual