Continue reading " />

Biblioteca Nacional aprova tradução de 28 livros brasileiros

Programa de Apoio à Tradução busca difundir literatura do Brasil no exterior. Obras de Chico Buarque, Edney Silvestre e Clarice Lispector foram listadas.

Publicado no G1

‘Leite derramado’, de Chico Buarque, vai ganhar versão em francês (Foto: Grizar Júnior/AE)

Foram publicadas no Diário Oficial da União nesta quarta-feira (9) informações sobre a aprovação de 28 bolsas de tradução para obras de autores brasileiros.

O Programa de Apoio à Tradução de Autores Brasileiros tem objetivo de difundir a literatura brasileira no exterior, por meio de apoio à tradução de livros previamente editados.

Por decisão de conselho de jurados da Fundação Biblioteca Nacional, serão traduzidas para o romeno os livros “Poesia completa”, de Carlos Drummond de Andrade; “Gabriela, cravo e canela”, de Jorge Amado; “A guerra do Bom Fim”, de Moacyr Scliar; “Sinfonia em branco”, de Adriana Lisboa; “Sombra severa”, de Raimundo Carreto; e “O movimento pendular”, de Alberto Mussa. As bolsas variam entre US$ 3 mil e US$ 7 mil.

As obras “Os deuses de Raquel” e “A guerra de Bom Fim”, de Moacyr Scliar, vão ganhar versões em alemão por meio do programa; assim como “A batalha do Apocalipse”, de Eduardo Spohr. “Black music”, de Arthur Dapieve; “Azul-Corvo”, de Adriana Lisboa; “Elite da tropa 2″, de Luiz Eduardo Soares, Claudio Ferraz, André Batista e Rodrigo Pimentel; “Cidade livre”, de João Almino; e “Leite derramado”, de Chico Buarque, serão traduzidos para o francês.

O único livro a ganhar versão em holandês é “Se eu fechar meus olhos agora”, de Edney Silvestre. “Perto do coração selvagem” e “Laços de família”, de Clarice Lispector, foram os escolhidos para o idioma sueco.

Há também versões em espanhol para o mercado uruguaio (“Várias histórias”, de Machado de Assis), argentino (“Ravenalas”, de Horácio Costa, e “Eles e elas”, de Julia Lopes de Almeida) e espanhol (“O Cemitério dos vivos”, de Lima Barreto; “Mastigando humanos”, de Santiago Nazarian; “O liveiro do Alemão”, de Otávio Júnior; e “Método prático de guerrilha”, de Marcelo Ferroni).

O programa concede bolsas de tradução a editoras estrangeiras, para que elas traduzam e publiquem no exterior livros brasileiros.

Nossa Loja Virtual