Continue reading " />

Benjamin Moser planeja editar toda a obra de Clarice Lispector em inglês

Há uma semana, Benjamin Moser recebeu em casa o exemplar de The hour of the star, a sua tradução de A hora da estrela, que acaba de ser publicada pela New Directions nos Estados Unidos. Mas seu trabalho está longe de estar terminado. O biógrafo de uma das maiores autoras em língua portuguesa está agora mergulhado na revisão das traduções para o inglês de outros quatro romances de Clarice, que devem ser lançados em abril de 2012, ao mesmo tempo nos Estados Unidos e na Inglaterra.
“Eu fico o tempo todo cuidando desse projeto e às vezes fico louco, porque é muito trabalho”, conta Moser, pelo telefone, em um português claro e descontraído. “Mas para quem gosta de línguas, é fantástico.” Ele explica que o grande desafio é preservar, nas traduções, o estranhamento que os textos de Clarice provocam. Você pode ler mais sobre o assunto aqui, num texto que Moser escreveu especialmente para o PublishNews.
O volume de trabalho, contudo, não impede que Moser, um americano que hoje vive na Holanda, almeje muito mais. “A minha grande ambição pessoal é ter toda a Clarice disponível em inglês até as Olimpíadas no Brasil”, revela. “Por enquanto só dois escritores brasileiros têm sua obra completa traduzida: Machado de Assis e Jorge Amado.”
A próxima etapa será editar os contos da autora em um único volume, acrescido de alguns textos que Moser descobriu durante a pesquisa para Why This World, a bem-sucedida biografia de Clarice, lançada em 2009 e traduzida para o português como Clarice. “Eu encontrei textos e poemas em periódicos antigos que nunca foram publicados em livro”, diz. Para a edição dos contos, já existe contrato firmado com a New Directions.
Moser também planeja editar a correspondência e parte do jornalismo de Clarice. Faltariam, então, as traduções dos romances de O lustre, A Cidade sitiada, A maçã no escuro e Uma aprendizagem ou o livro dos prazeres. “Ainda não sei se vai dar certo, depende um pouco do lançamento da primeira série de romances, mas acho que ela será muito bem recebida”, afirma.
The hour of star foi lançado com uma introdução do premiado escritor irlandês Colm Tóibín, o que, para Moser, será importante para promover Clarice entre os leitores de língua inglesa.
Fonte: Publishnews

Nossa Loja Virtual

As últimas do Twitter:

Patrimônios mundiais ameaçados pelo aquecimento global | Todo o conteúdo | DW | 01.06.2017 fb.me/1z6DnBGso

Infográfico: 'Lima Barreto - triste visionário', de Lilia Moritz Schwarcz – Hiperliteratura fb.me/1usgm47tT

Família "superdotada" tem garoto formado aos 14 e irmão na faculdade aos 11 educacao.uol.com.br/noticias/2017/… via @UOLEducacao @UOL

USP livros raros destaques que podem ser consultados e baixados gratuitamente nexojornal.com.br/expresso/2017/… via @nexojornal

3.000 livros raros da Biblioteca Brasiliana da USP estão disponíveis para download fb.me/1f1o5WTvB

MEC vai aumentar controle sobre avaliação de livros didáticos fb.me/sYjacNpu

Links Sugeridos:

Livrômetro

58.620.865