Continue reading " />

Armazém da Cultura contemplado com Prêmio Economia Criativa do Ministério da Cultura

O Armazém da Cultura, editora e espaço multicultural,  foi contemplado com Prêmio  Economia Criativa do Ministério da Cultura entre as 100 melhores iniciativas brasileiras na categoria Novos Modelos de Gestão de Empreendimentos e Negócios Criativos. A categoria de Formação para Competências Criativas premiou mais 50 iniciativas no Brasil.

Lançado em fevereiro deste ano pelo Ministério da Cultura (MinC), o Prêmio Economia Criativa reuniu, ainda, além do Edital de Fomento a Iniciativas Empreendedoras e Inovadoras (duas categorias), o Edital de Apoio a Estudos e Pesquisas em Economia Criativa. Somados,os dois editais premiaram 169 iniciativas, totalizando R$ 4,1 milhões em prêmios.

Abaixo matéria publicada no site do Ministério da Cultura www.cultura.gov.br

Edital de Fomento a Iniciativas Empreendedoras e Inovadoras foi publicado na edição desta terça-feira13 de novembro, do Diário Oficial da União – (Seção 1, páginas 15 a 19).

 

Foram premiadas 150 iniciativas em duas modalidades: 100 na categoria Novos Modelos de Gestão de Empreendimentos e Negócios Criativos e 50 na categoria Formação para Competências Criativas.

O valor do prêmio individual estabelecido no edital é de R$ 23 mil para os selecionados na modalidade Novos Modelos de Gestão de Empreendimentos Criativos e R$ 26 mil para os premiados na categoria Formação para Competências Criativas. Os 150 prêmios do edital somam R$ 3,6 milhões.

Lançado em fevereiro deste ano pelo Ministério da Cultura (MinC), o Prêmio Economia Criativa reuniu, ainda, além do Edital de Fomento a Iniciativas Empreendedoras, o Edital de Apoio a Estudos e Pesquisas em Economia Criativa, cujo resultado final foi homologado no dia 8 de outubro. Somados, os dois editais premiaram 169 iniciativas, totalizando R$ 4,1 milhões em prêmios.

A secretária da Economia Criativa do MinC, Cláudia Leitão, afirma que um dos fatores importantes do prêmio é que ele “sinaliza” para a sociedade que a Economia Criativa está inserida na pauta do governo federal. “É uma vitória dos setores criativos brasileiros”, comemora.

“Sem dúvida, o prêmio é um estímulo aos empreendimentos criativos brasileiros. Claro que não podemos viver de editais, precisamos de fomento e de marcos legais adequados, mas até bem pouco tempo não tínhamos essa discussão em nível institucional, como política de governo. O prêmio mostra que o país caminha para consolidar a Economia Criativa como um dos eixos para o seu desenvolvimento sustentável”, observa.

Modelos de Gestão e Formação de Competências

O Edital de Fomento a Iniciativas Empreendedoras e Inovadoras recebeu 651 inscrições no período de 13 de fevereiro a 30 de abril de 2012. Das 491 inscrições válidas, foram habilitadas 383 iniciativas na primeira fase, 223 para a categoria Novos Modelos de Gestão de Empreendimentos e Negócios Criativos e 160 para Formação para Competências Criativas.

Na segunda fase de avaliação, foram classificadas as 283 iniciativas que obtiveram o mínimo de 25 pontos por categoria. A avaliação foi feita entre setembro e outubro por uma comissão de 34 membros, composta por representantes do Governo Federal e da sociedade civil atuantes nas áreas  criativas. Foram premiadas 69 iniciativas da região Nordeste, 53 do Sudeste, 10 do Centro-Oeste, 9 do Norte e 9 do Sul.

A premiação dos trabalhos relativos aos Modelos de Gestão contemplou iniciativas voltadas ao desenvolvimento e à sustentabilidade de empreendimentos criativos que estimulam os ciclos de produção, circulação, distribuição, consumo e fruição de bens e serviços criativos.

Já na área da Formação de Competências, a seleção premiou projetos pedagógicos que prevêem a estruturação de cursos livres, dirigidos à qualificação de profissionais que atuam em gestão de empreendimentos criativos, gestão de carreiras, gestão de redes e coletivos e capacitação profissional de técnicos dos segmentos criativos.

Os nomes dos membros da comissão estão publicados no DOU juntamente com o resultado do prêmio. Os recursos devem ser apresentados no prazo de até cinco dias a partir da data da publicação no Diário Oficial da União e podem ser enviados ao email:  pbc.fomento@cultura.gov.br.

Classificados

Classificados – Gestão de Empreendimentos

Desclassificados – Gestão de Empreendimentos

Classificados – Formação para Competências

Desclassificados – Formação para Competências

Formulário de Recurso

(Texto: Marcelo Leal, Ascom/SEC/MinC)

Nossa Loja Virtual

As últimas do Twitter:

Em breve oitava edição em 20 anos de publicação do livro #HistóriadoCeará , autoria Prof. Aírton de Farias fb.me/1fyFGNoAD

À espera do Irma, empresário desabafa e relato comparando RJ a Miami viraliza @UOL noticias.uol.com.br/internacional/…

Focos de poesia no Brasil. Que tal acrescentar o seu grupo? Veja o app abaixo . fb.me/wVmVwvMr

Aniversário Armazém da Cultura: 8 aninhos 🍾🍀 pic.twitter.com/ToanE0qLCJ

Twitter Media

Publishnews indica uma alta por obras de autoajuda e infantojuvenis. Autor mais vendido:Edir Macedo nexojornal.com.br/grafico/2017/0… via @nexojornal

Por que Jane Austen ainda é tão lida, 200 anos depois de sua morte? fb.me/7BXt1iyiK

Por que Jane Austen ainda é tão lida, 200 anos depois de sua morte? www1.folha.uol.com.br/ilustrissima/2… via @folha

Links Sugeridos:

Livrômetro

58.620.865